Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Tayrone, dono de hit com Marília Mendonça, é o baiano mais ouvido

O cantor fala sobre as novidades do projeto “Na Dose Certa”

Flávio Carvalho, do AT2 | 22/02/2022 17:38 h

“Fiquei feliz demais quando vi “Cê Tá Preparada” entre as 100 mais tocadas de Portugal... Sonho em fazer uma turnê fora do Brasil”, diz o cantor
“Fiquei feliz demais quando vi “Cê Tá Preparada” entre as 100 mais tocadas de Portugal... Sonho em fazer uma turnê fora do Brasil”, diz o cantor |  Foto: Divulgação
 

Com uma dose de sofrência, um pouco de sertanejo e muito arrocha, tudo na medida certa, Tayrone, 35, atualmente é o artista da Bahia mais ouvido do Spotify, com 4,5 milhões de ouvintes mensais.

Parte desse feito é graças ao sucesso de “Cê Tá Preparada”, single gravado ao lado de Marília Mendonça e que está há 7 meses entre as 50 músicas mais ouvidas da plataforma, com 91 milhões de plays. No YouTube, a canção acumula mais de 194 milhões de acessos.

Ela e “Dieta Forçada” são os principais hits do projeto audiovisual “Na Dose Certa”, que acaba de ter sua segunda parte lançada. As novas apostas do trabalho são “Arrochadinha”, com a participação de Lauana Prado, e “Aí Doeu”, com o fenômeno e amigo Léo Santana.

“A música com Lauana é de Waléria Leão, mesma compositora de ‘Cê Tá Preparada’, com Marília, então tem tudo para ser hit!  A gente traz um pouco do arrocha nessa música. Com Léo, fazemos a mistura de arrochanejo com o suingue do Léo”, diz Tayrone ao AT2.

Gravado em janeiro do ano passado em Goiânia, “Na Dose Certa” contou com megaestrutura, incluindo dois superpalcos, iluminação dinâmica e performática e painéis de Led com projeções especiais para cada momento do show, que evidenciaram o brilho do cenário. 

“Foi uma experiência incrível, estou feliz demais com um projeto tão grandioso na minha carreira. É um projeto que chegou para ficar! Está muito lindo e, contando com essas participações de peso, melhor ainda!”, ressalta.


“Rapaz, vai ser difícil nascer outra Marília!”, diz Tayrone


AT2 - Esteve no Espírito Santo em dezembro. Matou a saudade do público daqui?

Tayrone - Fazia um bom tempo que eu não ia aí. Acho que a última vez foi na época de “Volte Amor”, então fiquei feliz demais com todo mundo cantando as músicas novas. Já estou ansioso para voltar! 

Por que o novo projeto recebe o nome de “Na Dose Certa”? 

Com certeza! Tem um pouco de sofrência, de arrocha e de sertanejo, é tudo na dose certa. Não tem mais nem menos. 

O trabalho trouxe grandes participações. Entre as novas músicas, colaborações com Léo Santana e Lauana Prado. São amigos?

O Léo é de casa! Tenho amizade forte, ele é meu vizinho e da mesma produtora. Já Lauana, eu conversava sempre por mensagem de Instagram com ela, e nos encontrávamos em bastidores, camarins... 

Não tinha amizade forte, mas, graças a Deus, através da Universal, teve essa aproximação deliciosa. É uma pessoa que sempre admirei e tive vontade de cantar junto e Deus me honrou. 

Segue fazendo o arrochanejo?

Desde o início da minha carreira, sempre gostei de música sertaneja, ouvi bastante. Quando fui convidado para gravar um CD, não tinha um ritmo na época. E estava surgindo o arrocha, então fizemos essa mistura: o arrochanejo. 

O arrochanejo sempre vai estar presente no seu trabalho?

Não pretendo largar de jeito nenhum! Até me envolvo com artistas de outros estilos, mas o arrochanejo sempre vai estar ali. Nosso Brasil é uma mistura gostosa. Mas o meu estilo é o arrochanejo. 

“Cê Tá Preparada”,  com Marília Mendonça, se tornou um grande sucesso. Infelizmente, ela não pôde estar presente para ver o lançamento do projeto completo. Como foi trabalhar com a Rainha da Sofrência?

Foi gratificante, uma honra ter Marília participando desse projeto. Fiquei muito feliz e honrado. Triste por não ter ela perto da gente, mas ela está com Deus. É difícil superar essa perda. São poucos os cantores iguais à Marília. Falo do jeito dela, da voz, do carisma e da humildade de cantar as músicas, as letras que ela escolhia... Rapaz, vai ser difícil nascer outra Marília!

“Cê Tá Preparada” chegou ao top 100 do Spotify Portugal. Como é ver que sua sofrência atravessou as fronteiras? 

'Cê tá doido', irmão! Fiquei feliz demais quando vi “Cê Tá Preparada” entre as 100 mais tocadas de Portugal... Sonho em fazer uma turnê fora do Brasil. 

E de gravar em outras línguas?

Aí eu 'tô' fora! Por enquanto, só português. Mas vamos ver lá pra frente...

Outro hit do projeto é “Dieta Forçada”. Já passou por uma “Dieta Forçada”? Saudade e falta de amor emagrecem?

Vai de acordo com o organismo da pessoa, a ansiedade. Cristian Luz, um dos autores da música, disse que viveu isso. Ele é maluco. Quando cantou essa música pra mim, fiquei doido! Ainda não passei por uma dieta forçada. 

Cuida muito do corpo?

Cuido muito da saúde mental e do corpo. Quando estou em casa, sempre cuido da saúde. Agora, tenho conseguido malhar. Quando chego de viagem, faço sempre um futevôlei.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS