X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Entretenimento

Por que eliminação no Big Brother da Argentina causou tentativa de invasão aos estúdios


A eliminação de uma participante do Big Brother da Argentina causou uma confusão que terminou com a tentativa de invasão de fãs do programa aos estúdios do reality show nesta quarta-feira, 19.

O motivo foi a eliminação de Juliana "Furia" Scaglione com 62% dos votos. Em abril, a participante descobriu um câncer e, mesmo assim, continuou no confinamento enquanto acompanhava o diagnóstico de leucemia.

Na ocasião, o apresentador do Gran Hermano, nome argentino do reality, Santiago Del Moro, leu o boletim médico no ar e declarou que Furia não precisava de "tratamento específico, mas necessitaria de acompanhamento médico mensal".

Com a eliminação, a polícia foi chamada para conter o protesto nas portas da emissora Efe, em Buenos Aires, que pedia o retorno da sister.

Outra causa da comoção foi que Furia perdeu a mãe para o câncer, em 2019, e, desde então, a família passou a enfrentar dificuldades financeiras.

A participante saiu do programa sob escolta policial. O valor do prêmio do Gran Hermano equivale a cerca de R$ 115 mil.

Assista ao vídeo de tentativa de invasão aqui.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: