Login

Atualize seus dados

INÉDITO NO ES

"O rap nunca vai sair da minha rotina", diz Papatinho, o "rei dos feats"

Produtor carioca vai se apresentar pela primeira vez no Estado

15/10/2021 18:43:15 min. de leitura

Rei dos feats, por estar sempre reunindo muitos intérpretes em suas produções, o produtor carioca Papatinho vai comandar festa em terras capixabas no próximo sábado (16), às 22 horas. 

“Será minha primeira vez em Vitória com meu projeto solo. Estive algumas vezes aí, tocando com o ConeCrewDiretoria, e agora vou como Papatinho. É uma novidade para mim e estou muito empolgado”, conta o artista ao AT2.

Imagem ilustrativa da imagem "O rap nunca vai sair da minha rotina", diz Papatinho, o "rei dos feats"
Papatinho Foto: Divulgação / Assessoria
 

Marcada para acontecer na Fazenda Camping, na Barra do Jucu, a “Papatinho Convida” terá a presença de rappers do Rio de Janeiro. São eles: MD Chefe, do hit “Tiffany”, DomLaike, conhecido pela música “Trajadão”, e Califfa, intérprete de “Antares”. 

Akilla, uma das maiores promessas do rap capixaba, completa o time que comanda a festa. Ele gravou “Unfollow”, ao lado de Budah, e “No Sleep”.

“A seleção dos convidados acontece de forma natural. São artistas que tenho trabalhado, novos talentos e também tem espaço para resgatar artistas mais antigos. Essa mistura que é a parte mais legal de tudo”, explica o carioca.

“Papatinho Convida” nasceu da vontade do produtor em estar no palco com MCs, formato de show que ele já fazia com a ConeCrewDiretoria. “Quando comecei a tocar sozinho, com meu projeto solo, queria que tivesse um pouco disso nos meus shows. Então, comecei a fazer esse tipo de evento”, explica.

Encontros de astros

Aos 34 anos, Papatinho já promoveu encontros entre Anitta e BIN, Ferrugem e Kevin O Chris e Seu Jorge e Black Alien. Em junho, foi a vez de Péricles, um dos maiores nomes do pagode, se render ao trap e funk em “Traje de Verão”. Produzida pelo produtor carioca, a música foi gravada ao lado de dois expoentes do trap e do funk, Dfideliz e MC Hariel.

“Nunca pensei em produzir só rap. Sempre tive a visão de expandir meu som e atingir o máximo de pessoas. O rap abriu portas para mim, mas hoje produzo diversos gêneros. O rap nunca vai sair da minha rotina. Hoje, me considero um produtor de música urbana. Gosto de fazer músicas boas com artistas maneiros”, diz.

O último lançamento do artista foi “A Culpa é do Papato”, que, como o nome sugere, celebra o encanto do produtor. “Eu quero você do meu lado / Então deixa esse som rolar no talo / Que o baile vai ficar pesado / Pique beat do Papato”, diz o refrão cantado por L7nnon, Orochi e Luccas Carlos.

Dos talentos que já produziu, ele destaca sua parceria com o rapper L7nnon, que, inclusive, faz parte do selo de Papatinho, o Papatunes. “No primeiro dia de estúdio, a gente já saiu com duas, três músicas e nunca mais parou. Hoje, ele está aí, arrebentando. É um dos primeiros em seu gênero, um fenômeno da internet e é muito gratificante poder contribuir com isso”.

O produtor ainda revelou que trabalhar com Seu Jorge, na faixa “Final de Semana”, gravada com Black Alien, foi a realização de um sonho. “Sou muito fã dele, e os sonhos não param. A meta, ainda mais agora, acabando a pandemia, é de ir para Los Angeles, nos Estados Unidos, e buscar novos parceiros”, finaliza.

Serviço:

“Papatinho Convida”

Atrações: Papatinho (RJ), MD Chefe (RJ), DomLaike (RJ), Califfa (RJ) e Akilla

Quando: Sábado (16), às 22 horas

Onde: Fazenda Camping. Rod. do Sol, 2.231, Barra do Jucu, Vila Velha

Ing. (2º lote/meia): Pista a R$ 60 e Backstage Vip a R$ 90

Venda: superticket.com.br

Classificação: 18 anos