X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Entretenimento

Michael Richards, o Kramer de 'Seinfeld', revela ser fruto de um estupro


O ator Michael Richards, o Kramer de Seinfeld, afirma ter descoberto depois de adulto ter nascido fruto de uma violência sexual sofrida pela mãe.

A revelação é feita no livro de memórias do ator, Entrances and Exits (Entradas e Saídas, em tradução livre), lançado no início de junho nos Estados Unidos e inédito no Brasil.

Segundo Richards, 75 anos, a mãe defendia que o pai morreu na Segunda Guerra Mundial. Com os anos, a versão foi mudada: o pai teria morrido em um acidente de carro quando ele era criança.

Incomodado, o comediante pressionou a mãe, que revelou a violência sexual. À época, o aborto ainda era proibido nos Estados Unidos e Richards foi colocado para a adoção. A mãe, porém, mudou de ideia e decidiu criá-lo de maneira solo.

"Eu tive que me conciliar com o fato de não ter sido um filho planejado ou que minha queria se livrar de mim", afirma em entrevista à publicação americana People.

Vencedor de um Emmy por Seinfeld, Richards caiu no ostracismo após ataques racistas durante uma apresentação de humor nos EUA, em 2006. Na ocasião, foi vaiado pela plateia e disse que eles deveriam "respeitar o homem branco", entre outros insultos racistas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: