X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Festivais virtuais celebram o Mês do Orgulho LGBTQIA+

| 12/06/2020 15:29 h | Atualizado em 12/06/2020, 15:43

Pabllo Vittar e Luísa Sonza vão apresentar seus sucessos em eventos online
Pabllo Vittar e Luísa Sonza vão apresentar seus sucessos em eventos online |  Foto: Divulgação
Em outros anos, o Mês do Orgulho LGBTQIA+, comemorado em junho, seria marcado por centenas de paradas ao redor do mundo. Entretanto, com a pandemia do novo coronavírus, eventos que geram aglomerações precisaram ser remarcados ou cancelados. Mas isso não significa que a data passará despercebida, visto que muitas das celebrações foram transferidas para a internet e acontecerão de forma virtual! A primeira delas já acontece neste sábado (13), a partir das 13h30 (horário de Brasília), no site www.billboardevents.com. É o festival online Pride Prom, uma iniciativa da Billboard norte-americana. A transmissão contará com apresentações da drag queen brasileira Pabllo Vittar, além de Cindy Lauper, Doja Cat, Tove Lo, Lauren Jauregui, Boy George e Billy Porter. No domingo (14), a brasileira vai se apresentar na versão online da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, considerada a maior do mundo. A primeira edição inteiramente virtual do evento vai acontecer a partir das 14 horas, em doze canais do YouTube, e terá oito horas de duração. Outros shows confirmados são da baiana Daniela Mercury e de Francinne. “Estamos passando por um momento único de enfrentamento ao coronavírus, mas também precisamos nos adaptar para seguir adiante com as causas que são necessárias para melhorar a nossa sociedade. Por isso, neste Mês do Orgulho LGBTQ+, fico feliz em poder participar de ações que somam diferentes vozes para um mesmo objetivo”, afirma Pabllo, ao Tribuna Online. A drag queen ainda é presença confirmada na Global Pride, onde mais de 800 marchas de todo o mundo se reunirão online, durante 24 horas consecutivas. A transmissão será no dia 27 de junho e terá participação de líderes globais, popstars e drag queens. Mais informações no site www.globalpride2020.org. No dia 28, é a vez da cantora Luísa Sonza representar o Brasil na edição online da NYC Pride, a Parada LGBT de Nova Iorque, nos Estados Unidos. Ela leva seus hits “Boa Menina e “Braba” para o evento, que terá transmissão no canal da @abc7ny, com apresentação de Carson Kressley. Deborah Cox, Billy Porter e Janelle Monáe são outras atrações confirmadas. Saiba mais no Instagram @nycpride.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS