Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Vladimir Brichta critica escalação de elenco com base em número de seguidores

Em entrevista ao podcast Novela das 9, do Gshow, ele classificou essa atitude como "burrice"

Agência Estado | 02/03/2022 19:59 h

O ator Vladimir Brichta se manifestou contra os testes para escalação de atores que exigem número de seguidores. Em entrevista ao podcast Novela das 9, do Gshow, ele classificou essa atitude como "burrice".

Para exemplificar que a fama na internet não garante qualidade no trabalho artístico, Brichta lembrou de uma ocasião em que levou o seu filho, que hoje tem 15 anos, ao teatro para assistir a peça de um youtuber.

"O meu filho Vicente, quando pequeno, gostava de um youtuber. E esse youtuber fez uma peça de teatro que circulava o País com muito sucesso. Eu e a Adriana [Esteves] levamos ele, e ele ficou super emocionado de assistir. Mas a peça de teatro não era boa, e o youtuber não era ator."

Segundo ele, o rapaz sabia se comunicar bem com os jovens, mas o espetáculo deixava a desejar. "Não era bom, no entanto era lotado. Eu tenho certeza de que ele fez muito dinheiro com aquilo."

"Se você quiser fazer uma novela de 160 capítulos, pode até pegar aquela pessoa de 100 milhões de seguidores. No primeiro dia que ela aparecer na novela, talvez bata recorde de audiência Mas não vai continuar dando recorde ao longo de 160 capítulos "

Segundo Vladimir, para que uma produção audiovisual tenha uma boa audiência, é preciso ter uma série de talentos envolvidos, que vão desde atores até figurinistas.

"Carreira é a longo prazo. Se esse cara não tiver embasamento e domínio sobre aquilo, não vai durar. Ou seja, é uma burrice escalar alguém para fazer uma peça de teatro, uma novela ou um filme porque aquela pessoa tem muitos seguidores."

Vladimir e Adriana não têm perfil oficial nas redes sociais e, segundo ele, pretendem continuar assim. "Somos pessoas naturalmente mais discretas. A gente tem uma sorte tremenda de que nosso trabalho chegue às pessoas."

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS