X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Famosos

Suspeito de envolvimento em ataque a baixista do Ultraje a Rigor é preso

Mingau, de 56 anos, foi baleado na cabeça na noite de sábado



Imagem ilustrativa da imagem Suspeito de envolvimento em ataque a baixista do Ultraje a Rigor é preso
Mingau foi transferido para São Paulo no início desta tarde |  Foto: Reprodução / Redes Sociais

Um homem foi preso na tarde deste domingo (3), sob suspeita de envolvimento no ataque a tiros que atingiu o músico Rinaldo Oliveira Amaral, o Mingau do Ultraje a Rigor. O baixista de 56 anos foi baleado na cabeça na noite de sábado (2) enquanto passava pelo bairro Ilha das Cobras, na cidade da Costa Verde fluminense.

LEIA MAIS:

Baixista do Ultraje a Rigor é baleado na cabeça no dia do seu aniversário

Polícia abre inquérito para investigar tiro em baixista do Ultraje a Rigor

A prisão aconteceu em uma casa no mesmo bairro. Segundo a Polícia Civil, os agentes chegaram até o suspeito através da colaboração de testemunhas e de informações do setor de inteligência da delegacia da área.

O suspeito não teve o nome divulgado. A ocorrência ainda está em andamento, e a corporação não informou se o detido já tem um advogado.

Segundo delegado que investiga o caso, a Ilha das Cobras é um bairro dominado pelo tráfico e o local do crime é conhecido por seu um ponto de compra e venda de drogas.

Segundo depoimento do amigo de Mingau que estava com ele na hora em que foi baleado, os dois foram à praça do Ovo, no bairro, para fazerem um lanche.

Uma das linhas de investigação é de que traficantes da região teriam atirado contra o carro do músico, um Ford Ranger. O veículo foi apreendido e passará por perícia.
Antes de ser baleado, o baixista sacou dinheiro em um banco de Paraty, que fica no centro da cidade, na parte turística. De lá, partiu para Ilha das Cobras.

Outra suspeita da Polícia Civil é de que o músico tenha ido comprar drogas. Inicialmente, o amigo que estava com Mingau afirmou isso à Polícia Militar. No entanto, ele mudou a versão em depoimento à delegacia e disse que foram jantar.

Mingau é baixista da banda paulista Ultraje a Rigor desde 1999 e mora em Paraty. Após ser baleado, o músico foi levado ao Hospital Municipal Hugo Miranda. Ele foi transferido para São Paulo no início desta tarde.

Um homem foi preso na tarde deste domingo (3), sob suspeita de envolvimento no ataque a tiros que atingiu o músico Rinaldo Oliveira Amaral, o Mingau do Ultraje a Rigor. O baixista de 56 anos foi baleado na cabeça na noite de sábado (2) enquanto passava pelo bairro Ilha das Cobras, na cidade da Costa Verde fluminense.

A prisão aconteceu em uma casa no mesmo bairro. Segundo a Polícia Civil, os agentes chegaram até o suspeito através da colaboração de testemunhas e de informações do setor de inteligência da delegacia da área.

O suspeito não teve o nome divulgado. A ocorrência ainda está em andamento, e a corporação não informou se o detido já tem um advogado.

Segundo delegado que investiga o caso, a Ilha das Cobras é um bairro dominado pelo tráfico e o local do crime é conhecido por seu um ponto de compra e venda de drogas.

Segundo depoimento do amigo de Mingau que estava com ele na hora em que foi baleado, os dois foram à praça do Ovo, no bairro, para fazerem um lanche.

Uma das linhas de investigação é de que traficantes da região teriam atirado contra o carro do músico, um Ford Ranger. O veículo foi apreendido e passará por perícia.

Antes de ser baleado, o baixista sacou dinheiro em um banco de Paraty, que fica no centro da cidade, na parte turística. De lá, partiu para Ilha das Cobras.

Outra suspeita da Polícia Civil é de que o músico tenha ido comprar drogas. Inicialmente, o amigo que estava com Mingau afirmou isso à Polícia Militar. No entanto, ele mudou a versão em depoimento à delegacia e disse que foram jantar.

Mingau é baixista da banda paulista Ultraje a Rigor desde 1999 e mora em Paraty. Após ser baleado, o músico foi levado ao Hospital Municipal Hugo Miranda. Ele foi transferido para São Paulo no início desta tarde.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: