X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Polícia diz que achou ator que fez Cabeção, em "Malhação", em cárcere privado em clínica, e ele nega

| 06/08/2021 12:44 h | Atualizado em 06/08/2021, 13:10

Sérgio Hondjakoff
Sérgio Hondjakoff |  Foto: Reprodução Instagram @serginhohondjakoff

Sérgio Hondjakoff, 36, desmentiu que estaria internado em uma clínica de reabilitação. O ator, que ficou famoso ao interpretar o personagem Cabeção de "Malhação" (Globo) entre os anos 2000 e 2006, se manifestou por meio do Instagram na tarde desta quinta-feira (5).

"Vim desmentir mais um boato que saiu na internet dizendo que eu estaria internado em uma clínica, em cárcere privado. Mentira", iniciou o ator, contando que estava na cidade de Resende, no Rio de Janeiro, junto com a mãe, visitando familiares maternos.

Hondjakoff mostrou a paisagem e disse estava "curtindo férias de inverno". "Quando essa pandemia passar, espero revê-los em breve, nas telinhas, nos telões... 'Tamo' junto, galera", finalizou o ator, mandando um beijo aos internautas.

Na manhã deste sábado, o Ministério Público interditou uma clínica para dependentes químicos em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. Na ação, entre as 46 pessoas que foram encontradas em cárcere privado, estaria o ator.

Embora o nome de Hondjakoff não constasse na lista de pessoas internadas a qual o G1 teve acesso, o portal afirma ter obtido o boletim de ocorrência do caso, no qual constava o nome do artista, assim como outras informações que poderiam comprovar se tratar do ator, tais como: filiação e data e local de nascimento.

O ator está afastado da TV desde que participou de Made in Japão (2020, RecordTV), reality show do qual desistiu ainda nos primeiros episódios. Na vida pessoa, Hondjakoff é pai de Benjamin, de pouco mais de um ano, fruto da relação com Danielle Monteiro.


Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS