X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Famosos

Família de Aaron Carter acusa médicos e farmácias pela morte do cantor

Carter foi encontrado morto em sua casa no dia 5 de novembro do ano passado


Imagem ilustrativa da imagem Família de Aaron Carter acusa médicos e farmácias pela morte do cantor
O cantor foi encontrado morto em novembro do ano passado |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Melanie Martin, ex-noiva de Aaron Carter, abriu um processo acusando médicos e uma rede de farmácias de homicídio culposo pela morte do artista.

Segundo a autópsia, o cantor morreu por um afogamento sob efeito de Alprazolam, genérico do Xanax, e a inalação de difluoretano.

A ação foi aberta em nome do filho de um ano do artista e alega que os profissionais facilitaram a morte de Carter ao prescreverem drogas sem justificativa médica sabendo que ele tinha múltiplos problemas de saúde mental.

O cantor havia discutido seu histórico de saúde na TV americana em 2019, dizendo que tinha bipolaridade, esquizofrenia, ansiedade e depressão.

De acordo com a autópsia, a primeira causa da morte foi o afogamento, seguido do difluoretano. Este último é usado tradicionalmente em latas de ar comprimido.

Carter foi encontrado morto em sua casa no dia 5 de novembro do ano passado. Irmão de Nick Carter, integrante do grupo Backstreet Boys, ele trabalhava na TV desde criança, atuando em programas da Nickelodeon e até atuando em "Seussical" na Broadway.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: