X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Após morte do neto, Neguinho da Beija-Flor vai deixar o país: "Negro já nasce suspeito"

| 21/10/2020 15:17 h | Atualizado em 21/10/2020, 16:05

O sambista Neguinho da Beija-Flor fez um desabafo contra a violência contra os negros, em entrevista ao Jornal O Globo, dois dias depois que seu neto foi morto durante troca de tiros entre criminosos policiais em um baile funk em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Gabriel Ribeiro Marcondes, que tinha 20 anos, foi enterrado na segunda-feira (20).

Neguinho afirmou que “no Brasil, basta nascer preto para ser suspeito” e que, por isso, iria sair do país. "Estou metendo o pé do país”, disse.

A frase do cantor foi dita ao fazer uma análise das ações policiais no Rio de Janeiro. Para ele, as ações da polícia são "desastrosas".

De acordo com a família, Gabriel Marcondes estava trabalhando na armação de tendas do baile funk, quando foi atingido.

Nas redes sociais, Neguinho da Beija Flor fez uma homenagem ao neto e recebeu apoio de fãs e amigos.







                    

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS