X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Famosos

Anitta afirma que foi procurada por Rodrigo Pacheco, presidente do Senado

Embora não seja política, a artista declarou a importância de ser um canal e uma voz para pedir ações emergenciais


Imagem ilustrativa da imagem Anitta afirma que foi procurada por Rodrigo Pacheco, presidente do Senado
Anitta contou sobre a ligação do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco |  Foto: Reprodução/Instagram e Marcelo Camargo/Agência Brasil

Anitta, 31, confirmou, na tarde desta quarta-feira (15), que foi procurada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), após fazer uma crítica ao Congresso Brasileiro e citar a tragédia no Rio Grande do Sul.

A cantora contou sobre a ligação do presidente do Senado. "Depois que fiz aquele post lá cobrando uma ação do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e também do Arthur Lira, esse aí eu fiquei sem resposta para sempre. Continuo bloqueada, mas, enfim... Rodrigo Pacheco me procurou e se colocou à disposição para falar sobre o assunto. Eu disse que sim, tenho interesse em encontrar para falar se for para resolver", disse.

"Falar só por falar a gente vai ficar só debatendo. Não tenho paciência para ficar debatendo coisa que não vai sair do lugar", afirmou ainda.

A cantora afirmou que está atrás de um espaço na agenda para a reunião com Pacheco. "Eu falei que estou buscando minha agenda para conseguir encontrar", disse ela, que lembrou que está para começar uma turnê internacional.

Embora não seja política, a artista declarou a importância de ser um canal e uma voz para pedir ações emergenciais. "Eu não sou política, eu sou cantora, mas eu fui nas minhas redes sociais cobrar alguma coisa e ele se colocou à disposição. Eu acho importante, espero que a gente consiga fazer algo".

"Entendo que na política uma pessoa sozinha não consegue salvar o mundo, mas uma pessoa com coragem consegue balançar as estruturas", declarou.

A cantora contou que ficou satisfeita de ter sido ouvida pelo parlamentar. "Espero que dê alguma coisa, vou tentar arrumar esse dia. Me sinto agradecida, respeitada e ouvida. Sinto que todos nós fomos ouvidos um pouquinho".

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: