Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Advogado de Britney Spears a compara a paciente em coma por não poder assinar processo

| 08/10/2020 09:33 h

Imagem ilustrativa da imagem Advogado de Britney Spears a compara a paciente em coma por não poder assinar processo
A cantora Britney Spears, 38, foi comparada a um paciente em coma por supostamente não conseguir assinar a papelada referente ao processo sobre a sua tutela. E o mais curioso é que o comentário foi feito pelo próprio advogado da artista.

Segundo o site TMZ, o advogado Sam Ingham, em audiência, afirmou que ela não teria capacidade de assinar uma declaração juramentada para a conservação de uma fortuna estimada em R$ 1,1 bilhão. Britney atualmente luta em um processo contra o pai, Jamie Spears.

Ao ser questionado pelo juiz sobre a possibilidade de Britney assinar de próprio punho o documento legal que ateste sua sensação a respeito de todo esse imbróglio, o profissional deu tal declaração. Ele usou esse exemplo e disse que até mesmo pacientes em coma podem ter seus advogados falando por eles.

ENTENDA
Britney Spears fracassou em agosto na tentativa de remover seu pai do controle de seus negócios e assuntos pessoais depois que um tribunal de Los Angeles não fez mudanças imediatas em sua tutela de 12 anos indicada pela Justiça.

A cantora pediu que sua gerente substituísse permanentemente seu pai Jamie como tutor. Mas a audiência a portas fechadas estendeu os arranjos atuais até fevereiro de 2021, de acordo com um documento judicial postado por fãs.

Jamie Spears foi nomeado tutor em 2008, depois que a estrela pop foi hospitalizada para tratamento psiquiátrico. A gerente de cuidados da cantora, Jodi Montgomery, assumiu a função temporária no final do ano passado, quando Jamie Spears sofreu um problema de saúde.

Um advogado da cantora apresentou documentos antes da audiência privada dizendo que Spears era "fortemente contra" que o pai voltasse a controlar seus negócios. Não foram apresentados nos documentos motivos para sua posição.

A cantora teria gasto mais de US$ 1 milhão (o equivalente a R$ 5,6 milhões) em taxas do processo para decidir sobre a sua tutela no ano passado. As informações são do site E! News. Os gastos foram detalhados em novos documentos na Justiça. Segundo eles, ela pagou a consultores e advogados em 2019 o valor de US$ 1.202.504,30.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS