X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Olinda já registra mais de 400 objetos perdidos neste Carnaval. Veja como recuperar

Documentos estão sendo levados para a Guarda Municipal de Olinda, no Varadouro


Imagem ilustrativa da imagem Olinda já registra mais de 400 objetos perdidos neste Carnaval. Veja como recuperar
Objetos e documentos podem ser resgatados na Guarda Municipal de Olinda |  Foto: Divulgação/PMO

A Prefeitura de Olinda informou que até esta segunda-feira (12), já haviam 440 objetos encontrados pelas ruas e ladeiras de Olinda. São documentos, carteiras e cartões perdidos durante o carnaval. Segundo a prefeitura, há identidades, cartões do SUS, identificação do PIS-Pasep, vários cartões de crédito, carteiras de estudante,VEM e até aparelho celular. Confira abaixo uma parcial de todos os materiais perdidos durante a folia.

Identidade – 103

CPF – 15

Carteira de habilitação – 52

Título de eleitor – 09

Carteira de estudante – 10

Reservista – 02

Funcional – 04

CRLV – 04

SUS – 22

PIS-PASEP – 02

Carteira – 30

Celular – 01

Cartões de crédito– 186

Total: 440

O trabalho de recolhimento e catalogação é organizado pela Secretaria de Segurança Cidadã de Olinda, que fica localizada no bairro do Varadouro, Avenida Santos Dumont, 177 – Lado “B”, onde funciona a Guarda Municipal. O serviço auxilia as pessoas que tiveram os documentos perdidos ou extraviados durante o Carnaval na cidade.

A orientação para quem encontrar documentos ou pertences extraviados no perímetro do Sítio Histórico é que faça entrega aos guardas municipais, a policiais militares de serviço, na Casa do Turista nos Quatro Cantos, no Posto de Atendimento ao Turista no Alto da Sé, na sede da Ciatur ou na sede da Secretaria de Segurança Cidadã, no Varadouro.

“Assim que os documentos ou objetos sejam entregues na Central, os agentes farão a triagem e irão inserir no sistema. Se a pessoa for pessoalmente até a Guarda Municipal de Olinda, e os documentos ou objetos não forem localizados, lá mesmo poderá ser feito um boletim de ocorrência, caso o cidadão solicite, sem precisar ir até uma delegacia de polícia”, garantiu o secretário de Segurança Cidadã, Coronel Pereira Neto.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: