X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mãe denuncia Papai Noel por abuso sexual em shopping: "Não queria largar minha filha"

| 11/12/2019 20:18 h | Atualizado em 13/12/2019, 10:15

Imagem ilustrativa da imagem Mãe denuncia Papai Noel por abuso sexual em shopping: "Não queria largar minha filha"

O Natal é uma das datas comemorativas mais esperadas do ano e levar as crianças para conhecerem o personagem principal dessa história, o "Papai Noel", em shoppings, praças e vilas, é um evento esperado por muitos pais e mães do mundo. Mas, o que era para ser um momento de felicidade, acabou se tornando um pesadelo para uma mulher de Minas Gerais.

Na noite dessa terça-feira (10), ela decidiu levar a filha de 10 anos para tirar fotos com o Papai Noel do Big Shopping, no município de Contagem, mas percebeu que o ator estava se comportando de forma estranha com a criança.

Através de um post no facebook, a mulher, que não terá a identidade revelada, afirmou que o "Papai Noel" teve uma ereção enquanto segurava a menina no colo e que não queria soltá-la. O relato já tem mais de 2 mil compartilhamentos, milhares de curtidas e centenas de comentários.

"Ontem fui levar minha filha no big shopping. Ela quis tirar fotos com o Papai Noel, o Papai Noel ficou excitado quando ela sentou em sua perna para tirar a foto, eu queria tirar ela e ele ficava a segurar a menina. Minha filha tem 10 anos e ele não queria soltar, ele ficava virando ela de uma perna pra outra até que eu a puxei do colo dele", diz o relato. Confira:

Imagem ilustrativa da imagem Mãe denuncia Papai Noel por abuso sexual em shopping: "Não queria largar minha filha"

Outro lado

Em nota publicada no Facebook, nesta quarta-feira (11), o Shopping explica que o ator foi contratado através de uma empresa especializada e que, assim que tomaram conhecimento do abuso, afastaram o homem das atividades. 

“Tomando conhecimento da denúncia, o BIG Shopping proibiu a continuidade dos serviços contratados do referido ‘Papai Noel’ no Shopping”, diz o posicionamento. O estabelecimento comercial afirma que lamenta o ocorrido e que as comemorações de Natal prosseguem normalmente.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS