X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Bianca Rinaldi: “Cada dia é um milagre”

| 08/06/2020 17:46 h

"A vida é realmente cíclica. Não podemos nos apegar às dificuldades, e sim aproveitarmos os momentos, as oportunidades”
"A vida é realmente cíclica. Não podemos nos apegar às dificuldades, e sim aproveitarmos os momentos, as oportunidades” |  Foto: Divulgação
Ela está sob os holofotes, na telinha, desde cedo. Agora, aos 45 anos, e em plena pandemia, Bianca Rinaldi está mais ativa do que nunca. Enquanto se aventura pela web série “Home Office”, a mãe das gêmeas Sofia e Beatriz, de 11 anos, aproveitou para conversar com o AT2 e dar uma lição de otimismo e fé para quem precisa. “Nossa família. Nosso Deus. O amor que temos por nossos sonhos. A vida é realmente cíclica. Não podemos nos apegar a isso, e sim aproveitarmos os momentos, as oportunidades. Cada dia é um milagre diante dos nossos olhos”, salienta ela, quando perguntada sobre o que a mantém firme neste momento difícil. Dando um tempo dos palcos, do papel de Íris Abravanel no “Silvio Santos Vem Aí”, ela mantém-se sempre positiva. “Temos uma história linda e emocionante para contar, com muitos recortes incríveis da trajetória do Silvio Santos. Logo mais, estaremos juntos, cantando e sorrindo”, afirma. E, então, aproveita para ressaltar o papel da arte, durante este período de isolamento social. “Imagina esta quarentena sem arte? Seria, com certeza, insuportável. Isso já nos dá uma boa percepção de que são necessários os filmes, os livros, as músicas e quaisquer outras expressões artísticas”. Para finalizar ela cita ‘A Última Grande Lição’, de Mitch Albom: “Às vezes, não acreditamos no que vemos e precisamos acreditar no que sentimos”.

Bianca Rinaldi | Atriz “Sempre sonhei em fazer”


AT2: Você é uma atriz com a carreira consolidada. Como vê sua trajetória?
Bianca Rinaldi: Acredito que fazer algo com o coração e verdade é o que torna um trabalho gratificante para nós e para o público. As pessoas sentem essa energia do ator, sobretudo quando ele está empolgado, feliz e apaixonado por seus personagens. Eu sou muito grata pelos papéis que tive.

Há inúmeros deles que me marcaram e que levo comigo para sempre, assim como os aprendizados. O sucesso, o reconhecimento e o prestígio são resultados de muita dedicação e amor. Claro que o estudo é indispensável e sempre digo isso para quem me pergunta como é a carreira de um ator. Conhecimento nos transforma!

A arte tem sido atacada há tempo no País, como avalia?
Proponho a seguinte reflexão: imagina esta quarentena sem arte? Nosso País ainda carece de muito conhecimento e apoio. Precisamos perceber que a arte nos leva à conscientização, nos sensibiliza, passa mensagens que podem fazer toda a diferença num mundo discriminatório e injusto. É um caminho longo, mas muitos avanços têm acontecido. Que sejamos resistência!

A websérie “Home Office” tem como pano de fundo a pandemia. Fale sobre isso.
Estou muito empolgada com este novo trabalho. É muito especial, mesmo neste período tão difícil, estar trabalhando. Essa websérie veio num ótimo momento, onde podemos continuar ativos e levando alegria para as pessoas.

Eu faço a apresentadora Dora, que é louca para ficar muito famosa e, também, é bem vaidosa. Minha rotina tem sido de gravações, o que me deixa feliz, porque assim consigo também extravasar a energia através da atuação.

Você estreou o musical “Silvio Santos Vem Aí”, como foi ter que parar neste momento?
Foi necessário para todos nos cuidarmos e nos preservarmos. Mas tivemos uma estreia linda e com tanta energia positiva que já conseguimos sentir o sucesso que será este espetáculo.

É o meu primeiro musical, algo que sempre sonhei em fazer. E agora estamos todos muito animados para quando retornarmos aos palcos.

Como foi saber que iria interpretar a escritora Íris Abravanel?
É maravilhoso, porque, além de me desafiar a cantar, estou dando vida a uma mulher que o Brasil tem carinho. Íris é muito talentosa e suas novelas são grande sucesso, além de ser uma mulher afetuosa e muito dedicada em tudo que faz. Este é um papel que, com certeza, ficará marcado num lugar muito especial em meu coração.

Você é uma mulher que inspira outras. Vê isso como peso?
Acredito que sempre que alguém se identifica com a gente é algo especial. Significa que estamos passando uma mensagem que pôde tocar outros corações. É muito importante que nós, mulheres, estejamos unidas, sem essa ideia de comparação. O que sabemos sobre sororidade deve ir além da teoria. Eu apenas posso agradecer por tanto carinho.

Você chama a atenção pela beleza. Tem cuidados especiais? Existe muita cobrança estética?
O mundo e a própria vida está, de alguma forma, o tempo todo nos cobrando posicionamentos, querendo nos encaixar em determinados padrões. Mas eu acredito que a gente é muito mais saudável rompendo rótulos. Cada um é bonito da sua forma.

E, se formos questionar ‘O que é ser belo’, qual seria a resposta? Então, esta também é uma questão subjetiva. Eu lido superbem com meus rituais de beleza, que são básicos. Adoro um creme hidratante, filtro solar, uma boa meditação e, claro, esportes e boa alimentação.

Tem um canal no YouTube, onde fala sobre maternidade e pré-adolescência. Por quê?
Eu acredito, até mesmo por tudo que já pesquisei, que somos muito carentes de instruções para essa faixa etária, a pré-adolescência.

Então, eu quis dividir, com meu público, as experiências com minhas filhas. Tem sido muito especial, pois me permite estar mais próxima de quem me acompanha. Cada temática tem as minhas narrativas, mas também uma sustentação por um profissional da área.

A internet tem de tudo. Como faz para lidar com todas essas mídias?
Na verdade, hoje o mundo é conectado, né? Então, todos estamos aí, de alguma forma, nesse movimento transmídia, o que não vejo como problema. As minhas ressalvas são em relação a como usamos a tecnologia. Ela é extremamente útil para pesquisarmos, estudarmos, ampliarmos os olhares e descobertas de todos os assuntos. Então, se o uso é para isso, eu vejo como algo muito importante. É necessário saber filtrar, como tudo nesta vida.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS