X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Alana Cabral: “Todo dia vai ser dia de abraço”

| 17/06/2020 17:03 h

Morando no Rio de Janeiro, Alana posou para fotos, antes da quarentena, na Praia da Barra, onde se sente em casa
Morando no Rio de Janeiro, Alana posou para fotos, antes da quarentena, na Praia da Barra, onde se sente em casa |  Foto: Thiago Antunes/Divulgação
“Representatividade negra”. Com a frase de impacto em seu Instagram e carregando seus cachos esvoaçantes, aos 12 anos Alana Cabral defende a liberdade. Uma liberdade em todos os aspectos, que, em tempos de isolamento social, tem sido colocada em xeque, bem como gestos físicos de carinho, como um abraço. “Quando acabar tudo isso, todo dia vai ser o dia do abraço”, afirma, ao AT2, a atriz, que faz parte do elenco da primeira fase de “Nos Tempos do Imperador”. Assim como as outras novelas, a trama das 18h está pausada por conta da pandemia do coronavírus. Sem gravar, essa paulista que ama uma praia e dar um rolê garante que tem aproveitado seu tempo para estudar. Aliás, é uma das coisas que tem feito... “A quarentena está se estendendo e tenho me empenhado em ocupar meu tempo me aperfeiçoando com aulas online de teatro, música e criação de conteúdos para as redes sociais”, conta a adolescente, que vê nas postagens de seu Instagram uma ferramenta para falar com a galera. E será que nessa busca pela ocupação descobriu alguma nova habilidade? “Descobri que gosto de pintar com tintas, acredita?”, revela, em tom de surpresa. O que não é novidade para a atriz mirim, que fez a Clarissa em “Verão 90”, é sua facilidade para se comunicar. Diante de tanta impaciência da garotada, que está ficando sem repertório para se distrair em casa, Alana tem sugerido à turma da sua idade opções de como encarar esse desafio do isolamento com criatividade. “Sempre gostei de dar dicas! Um exemplo disso é compartilhar como faço a finalização do meu cabelo. Também passo outros toques”, diz a atriz “destemida, decidida e cheia de personalidade”, como se define, ao se comparar com sua personagem Zayla, de “Nos Tempos do Imperador”.

Alana Cabral | Atriz “Tento ser o menos militante possível”


AT2: Além de conversar com seus seguidores e postar dicas no Instagram, tem gravado peças teatrais online no YouTube. É isso?
Alana Cabral: Sim, gravo. Mas é diferente, porque a internet muitas vezes ajuda, porém, às vezes, atrapalha. Mas está sendo bem produtivo.

A música também tem sido sua companhia nestes dias de quarentena. O que rola na sua playlist?
Amo música! E as músicas me acompanham dependendo do humor e do tipo de distração que quero no dia.

Como a maioria dos adolescentes, curte postar fotos e legendas reflexivas no Instagram. Uma delas era sobre autoaceitação. Para você, o que é se autoaceitar?
Autoaceitação é você gostar das suas dificuldades e não se cobrar tanto... É aceitar os seus defeitos e melhorá-los, se te incomoda. Mas não sofrer por isso.

Faz a linha militante, que defende e fala o que pensa?
Na verdade, tento ser o menos militante possível. Mas preciso, como pessoa pública, me posicionar com a minha opinião, respeitando a dos outros.

Diante do desafio de encarar o “novo mundo”, acredita que ouvir nunca foi tão importante?
Acho que ouvir é sempre bom, mas, quando nos calamos, permitimos qualquer tipo de tratamento. E as pessoas não costumam pensar no próximo.

Os adolescentes, jovens, geralmente estão dispostos ou preparados para aceitar novidades. E você?
Sempre tento estar por dentro de todas as novidades, mesmo não sendo muito apegada à internet.

Faz parte do elenco de “Nos Tempos do Imperador”, que está com as gravações suspensas devido à pandemia. É verdade que, para fazer a novela, se debruçou sobre os livros de História e curtiu demais vestir o figurino de época? Descobriu muita coisa nova?
Descobri que as pessoas eram e agiam diferentemente de hoje, evoluímos de lá para cá, mas ainda temos muito a evoluir e repensar nas atitudes, principalmente daqui pra frente... Para que algumas atitudes não sejam iguais às de antigamente.

A novela marca a volta de Selton Mello à TV. Como foi essa troca? Também faz parte do fã-clube do ator?
É muita honra poder participar deste retorno do Selton. Ele é divertido e alto-astral. Ainda não faço parte do fã-clube, mas eu sou fã dele sim...

Além de correr para as gravações, o que pretende fazer quando tudo isso acabar?
Quero continuar os meus projetos que já estavam programados e realizar novos projetos com outra mente. Mente pós-pandemia...

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS