search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Elza Soares e Flávio Renegado fazem manifesto antirracista no clipe de “Negão Negra”
Publicidade | Anuncie

Música

Elza Soares e Flávio Renegado fazem manifesto antirracista no clipe de “Negão Negra”


 (Foto: )
(Foto: )

Seguindo a comemoração de seus 90 anos, Elza Soares se junta a Flávio Renegado para lançar o clipe de “Negão Negra“. Um manifesto antirracista que escancara injustiças sociais através de colagens e imagens de protestos contra a discriminação.

Com batidas eletrônicas e ritmo típico do rap, “Negão Negra” une duas gerações de músicos brasileiros em torno de uma luta atemporal contra as injustiças sociais que sempre existiram. Essas injustiças também são retratadas no clipe da música — dirigido por Pablo Gomide —, que mostra os bastidores das gravações em estúdio intercalados com denúncias e informações acerca da violência racial e truculência policial comuns no Brasil.
No fim, ainda há uma homenagem a pessoas negras que perderam suas vidas por conta do racismo. As imagens foram gentilmente cedidas pela Mídia Ninja e pela espanhola Noon Films. A edição e finalização do vídeo foi assinada por Flora Servilha e a concepção artística por Pedro Loureiro.

Esse é o terceiro lançamento de Elza Soares em 2020, vindo em sequência à versão que fez — com direito a clipe — de “Juízo Final”, de Elcio Soares e Nelson Cavaquinho e “Carinhoso”, imortalizada por Pixinguinha e João de Barro.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados