X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Justiça manda político parar ataque a prefeito candidato à reeleição no Estado

| 20/10/2020 13:25 h | Atualizado em 20/10/2020, 13:36

Em Guarapari, o juiz Edmilson Souza Santos determinou a retirada de um cartaz que atacava o prefeito Edson Magalhães (PSDB), candidato à reeleição.

Em ação movida pelo partido, os tucanos pedem a retirada de um cartaz escrito “#ForaEdson”, erguido, segundo o prefeito, pelo presidente municipal do Democracia Cristã (DC), Anderson Arpini.

Imagem ilustrativa da imagem Justiça manda político parar ataque a prefeito candidato à reeleição no Estado
“A mensagem na fachada do imóvel foi colocada tão somente no período de campanha. O imóvel não possuía nenhuma mensagem ou cartaz antes do período eleitoral, o que revela ser caso de propaganda irregular”, alega.

Segundo a ação, o DC indicou o vice-prefeito da chapa do deputado Carlos Von Schilgen (Avante), que disputa com Edson.

Na decisão, o juiz disse que “a mensagem tem claro efeito de outdoor” e, reconhecendo dano à campanha de Magalhães, também determinou multa diária no valor de R$ 1.000.

Arpini não foi encontrado pela reportagem.
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS