X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Ufes retoma aula presencial para 2.500 alunos nesta quarta

Semestre é o primeiro em que os ensinos híbrido, remoto e presencial serão usados em todas as unidades da universidade

Marcos Barcelos, do jornal A Tribuna | 03/11/2021 09:55 h

Campus da Ufes em Goiabeiras
Campus da Ufes em Goiabeiras |  Foto: Arquivo / AT
 

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) inicia nesta quarta-feira (03) o segundo período letivo com o modelo híbrido de ensino (remoto e presencial) e, com isso, cerca de 2.500 universitários vão reencontrar os seus professores e colegas de classe.

O semestre 2021/2 será o primeiro em que a universidade utilizará o ensino híbrido amplamente, sendo válido para todas as unidades da Ufes, exceto Maruípe, que já adota esse método desde o semestre passado. 

A medida segue a Fase 3 do Plano de Contingência da Ufes, um conjunto de orientações a serem seguidas durante a pandemia de covid-19

A pró-reitora de Graduação, Cláudia Gontijo, afirma que, nos cursos de saúde, todos os alunos terão as disciplinas teórico-práticas desde o princípio.

Cláudia reitera que a Ufes tem feito adequações em seus espaços para receber os estudantes nesse retorno, como a sinalização do  campus,  instruindo os estudantes a seguirem as medidas sanitárias de prevenção contra a  covid-19.

A pró-reitora Cláudia Gontijo ressalta que, caso o aluno ultrapasse o limite de 25% de faltas por problemas de conexão, ele terá de apresentar uma justificativa ao professor.

“Com isso, o docente poderá orientá-lo a fazer atividades substitutivas para suprir essas ausências, disponibilizando ao estudante os devidos materiais, como aulas gravadas e estudos dirigidos”.

As adequações feitas nos campi são ações fundamentais para a retomada do ensino híbrido e que vão continuar até o retorno 100% presencial Cláudia Gontijo, pró-reitora de Graduação da Ufes
 

No caso de um estudante ser diagnosticado com covid-19, a Ufes prevê que o aluno entre em contato com a Pró-Reitoria de Graduação com o atestado para que o colegiado de seu curso permita realizar as atividades em casa. 

De acordo com a universidade, caso o estudante tenha o seu pedido deferido e cumpra as atividades propostas pelo professor, as faltas poderão ser abonadas no período de afastamento.

Cláudia revela que o Conselho Universitário discutirá na próxima sexta-feira o retorno das atividades administrativas.

Hoje, retornam às atividades apenas os técnicos que operam e organizam as disciplinas teórico-práticas.

Recuperando o tempo perdido

No quarto período de Fonoaudiologia, a estudante Luiza Ignez França, de 18 anos, comemora o retorno das aulas presenciais no modelo híbrido. Isso porque, quando começou a pandemia, em março de 2020, ela vivenciou apenas duas semanas na sala de aula.

“Foi bem traumático. Não sabia se a minha matrícula seria efetuada, se eu ia continuar na Ufes, mas o que mais me preocupou foi não me tornar tão boa profissional quanto os alunos que tiveram todas as aulas presenciais”, conta.

Luiza afirma que a expectativa está bem alta para o retorno. “Eu poderei, finalmente, recuperar esse tempo perdido, ajeitar a minha carga horária e o meu calendário para me formar em 2024 sem imprevistos”.

Estudante Luiza Ignez França, de 18 anos
Estudante Luiza Ignez França, de 18 anos |  Foto: Antônio Moreira / AT
   

Quinze mil ainda em casa

O retorno das aulas presenciais que acontece hoje na Ufes contempla apenas um pequeno grupo de alunos, representando cerca de 20% do total de matriculados. 

A pró-reitora de Graduação da Ufes, Cláudia Gontijo, afirma que aproximadamente 15 mil estudantes ainda vão permanecer no modelo remoto de ensino.

“As áreas das engenharias, Ciências Humanas, Sociais, Jurídicas e Econômicas terão retorno presencial apenas para os alunos finalistas e também estudantes que estão cursando há mais tempo e tiveram a sua conclusão retardada por conta da pandemia”.

Ainda de acordo com a pró-reitora, o retorno desses estudantes poderá acontecer no primeiro semestre de 2022, que tem início no mês de abril. 

Entretanto, para isso ocorrer, dependerá do avanço das medidas preventivas contra a covid-19 em todo o Espírito Santo.

“Este semestre termina em março de 2022 e já estamos estudando um retorno mais abrangente no período seguinte. Desta forma, poderíamos migrar para a Fase 4 do Plano de Contingência da Ufes, significando o fim do ensino-aprendizagem remoto temporário e emergencial (Earte)”.

SAIBA MAIS

Informações gerais

- A Ufes prevê o retorno de 2.500 estudantes hoje para as aulas no modelo híbrido de ensino, intercalando aulas presenciais e remotas.

- Cerca de 15 mil estudantes ainda deverão permanecer no ensino remoto, contemplando as áreas de engenharias, Ciências Humanas, Sociais, Jurídicas e Econômicas.

- Dessas áreas, apenas alunos finalistas ou que tiveram suas conclusões de curso atrasadas por conta da pandemia serão adequados no modelo proposto.

- O modelo híbrido será destinado às disciplinas teórico-práticas e práticas, priorizando os alunos finalistas que precisem cumprir matérias cuja carga horária total não ultrapassa o limite previsto no projeto pedagógico do curso. As exceções são os estudantes das áreas de saúde, que terão disciplinas híbridas em qualquer período.

Procedimentos

- Se o aluno ultrapassar o limite de 25% de faltas por problemas de internet nas aulas remotas,  terá de apresentar justificativa ao professor para fazer atividades substitutivas.

- Caso o aluno tenha covid-19, deverá entrar em contato com a Pró-Reitoria de Graduação com o  atestado para realizar atividades em casa.

Restaurante

- O Restaurante Universitário será reaberto, com o fornecimento de marmitas e talheres descartáveis. Para retirar a sua refeição, o estudante deverá fazer o agendamento um dia antes no site campusfood.ufes.br.

Bibliotecas

- As bibliotecas Central e de Maruípe estarão abertas de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. Em Alegre, o funcionamento será das 9h às 15h, de segunda a sexta. Em Jerônimo Monteiro,  das 7h às 13h, também de segunda a sexta-feira.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS