X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Educação

PF é acionada após imagens da prova do Enem circularem nas redes sociais

A foto divulgada nas redes mostra a página com o tema da redação


Imagem ilustrativa da imagem PF é acionada após imagens da prova do Enem circularem nas redes sociais
PF é acionada após imagens da prova circularem nas redes sociais |  Foto: Arquivo/Agência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) acionou a Polícia Federal para que investigue imagens da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que circulam nas redes sociais na tarde deste domingo (05). De acordo com o Inep, não se trata de um vazamento, mas sim de fotografias que foram divulgadas após o início da aplicação, quando os estudantes já estavam dentro das salas.

Os portões das escolas foram fechados às 13h (horário de Brasília) e a prova começou a ser aplicada às 13h30. O término está marcado para as 19h.

O Inep afirmou que a comunicação enviada à Polícia Federal a respeito da circulação das fotos é um procedimento padrão. A foto divulgada nas redes mostra a página com o tema da redação e os textos motivacionais, que servem de apoio para os estudantes formularem suas propostas de intervenção. O tema da redação deste ano é "Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil".

O Inep possui uma sala de situação para monitorar as intercorrências no exame. Neste domingo pela manhã, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou o local. Na saída, ele afirmou que a realização do Enem estava garantida em todo País e que os problemas de escolas sem energia elétrica em São Paulo tinham sido solucionados.

O Enem está sendo aplicado em 132 mil salas de aulas de 1.750 municípios de todo o País. São mais de 3,9 milhões de estudantes inscritos.

A expectativa do governo é nos próximos anos ampliar os índices de participação no exame, considerado o maior vestibular do País para instituições públicas e particulares. "Acho que a gente vai caminhar para que as pessoas não precisem sequer pagar taxa no Enem. A gente vai ter que fazer uma combinação para que se torne mais atrativo para esses jovens se inscreverem para fazer seu Enem e entrar numa universidade", disse Lula, que citou ainda que 63% das pessoas inscritas no Enem são mulheres.

Neste domingo, os candidatos realizam as provas de linguagens (40 questões de língua portuguesa e 5 de inglês ou espanhol), ciências humanas (45 questões) - além da redação. A aplicação terá 5 horas e 30 minutos de duração.

No próximo dia 12, os participantes fazem as avaliações de ciências da natureza (45 questões) e matemática (45 questões). A aplicação terá 5 horas de duração, contadas a partir da autorização do chefe de sala para o início das provas.

O exame está sendo feito apenas presencialmente. Em março, o Ministério da Educação decidiu acabar com o formato digital do Enem, criado pelo governo de Jair Bolsonaro (PL) em 2020 em meio à pandemia. Segundo o MEC, poucos estudantes optaram nos últimos anos pela avaliação feita pelo computador, que tem alto custo.

Cronograma:

- Data das provas: 05 e 12/11/2023;
- Divulgação dos Gabaritos: 24/11/2023;
- Resultados: 16/01/2024.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: