X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Dez mil universitários voltam à aula presencial na próxima semana

| 12/09/2020 16:40 h

Atualmente, as universidades e os programas de pós-graduação têm uma determinada quantidade de bolsas de estudos
Atualmente, as universidades e os programas de pós-graduação têm uma determinada quantidade de bolsas de estudos |  Foto: Divulgação/ Capes

Após mais de cinco meses sem aulas presenciais, alunos de faculdades e universidades particulares poderão retornar às aulas na segunda-feira, após liberação do governo do Estado.

O retorno das atividades presenciais vai acontecer para mais de 10 mil alunos, segundo levantamento feito pela reportagem com as instituições. De acordo com o Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES) há pelo menos 80 mil alunos matriculados no ensino superior particular e presencial do Estado.

Para a retomada, as faculdades adotaram medidas de segurança, que incluem rodízio de alunos, prioridade para estudantes com aulas práticas e termômetro e álcool em gel nas portarias.

A Multivix é uma das instituições que vão retornar com as aulas presenciais. De acordo com pesquisa interna, 25% dos alunos – 6.750 – pretendem retornar. Segundo a Multivix, o retorno das atividades presenciais não é obrigatório. Será apenas mais uma opção.

“Os alunos que são do grupo de risco ou que se sentem mais confortáveis com o formato remoto, não serão prejudicados”, informou a instituição.

Na Faesa, em média, dois mil alunos devem retornar às aulas presenciais, representando 20% do total de alunos. Danieli Carletti, coordenadora da Unidade de Design da instituição é uma das profissionais que vão receber os alunos na segunda-feira (14).

Segundo a diretora acadêmica da Faesa, Carla Letícia Alvarenga, os estudantes serão distribuídos ao longo da semana em diferentes horários. “Teremos somente as aulas práticas obrigatórias no presencial. As teóricas continuam sendo ofertadas no digital”, afirmou.

Na Unesc, 46% dos alunos – 1.800, em dias e horários alternados, vão retornar às atividades práticas presenciais e de estágio.

Na Universidade Vila Velha (UVV), as aulas também voltam na segunda-feira. Já na Pio XII, o retorno será na quarta-feira e, para evitar aglomerações, serão realizados dois turnos de aula à noite.

Já na UCL Manguinhos, as aulas presenciais voltam no dia 21 de setembro.

“Todas as disciplinas, mesmo as que voltarão a ter aulas presenciais, continuarão online também, para atender os alunos que ainda não se sentem seguros com o retorno”, explicou o diretor de Marketing da UCL, Sandro Lobato.

INSTITUIÇÕES DE ENSINO

Retomada das atividades presenciais

  • Alunos de faculdades e universidades particulares poderão retornar às aulas na segunda-feira, após liberação do governo do Estado, feita no final de agosto.
  • Para isso, as instituições de ensino públicas e privadas vão precisar seguir o protocolo sanitário definido pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) em portaria.

  • O retorno das aulas presenciais deve ser de forma gradual, em etapas e com revezamento.
  • Metade dos alunos de uma sala vai estudar presencialmente, enquanto a outra metade estudará online, em casa. A periodicidade do revezamento e do escalonamento vai variar de cada instituição de ensino. Será obrigatório o uso de máscara e manter as normas de distanciamento, além da higienização das mãos e outras medidas de segurança.

Instituições

Multivix

  • Retorna com suas aulas presenciais segunda-feira. De acordo com pesquisa interna, 25% dos alunos – 6.750 alunos – pretendem retornar. Segundo a instituição, o retorno das atividades presenciais não é obrigatório, será apenas mais uma opção.

Faesa

  • Retorna na segunda-feira com 2 mil alunos, somente nas aulas práticas obrigatórias. As teóricas continuam sendo ofertadas no digital. Os alunos serão distribuídos ao longo da semana em diferentes horários.

UVV

  • As aulas voltam na segunda, mas os alunos poderão optar entre assistir às aulas presencialmente ou permanecer em casa, acompanhando os estudos no formato telepresencial. De acordo com a instituição, 80% dos alunos demonstraram interesse em retornar, em disciplinas com práticas que exigem espaços disponíveis, como laboratório e clínicas.

Unesc

  • Aproximadamente 46% dos alunos – 1.800, em dias e horários alternados, vão retornar às atividades práticas presenciais e de estágio, que acontecem dentro e fora da instituição.

Pio XII

  • O retorno será na quarta-feira e, para evitar aglomerações, serão realizados dois turnos de aula à noite. A estimativa é que cerca de 200 alunos voltem a assistir às aulas presencialmente. O restante poderá continuar assistindo às aulas de casa, de modo online em tempo real.

UCL

  • Em Manguinhos, na Serra, a unidade optou por retomar as aulas presenciais no próximo dia 21 de setembro. A estimativa é que 120 alunos retornem neste dia. Todas as disciplinas, mesmo as que voltarão a ter aulas presenciais, continuarão online para atender os alunos que não retornarem.

Estácio

  • Somente serão ministradas – no momento –, de forma presencial, as atividades de estágio, que é opcional. O restante das atividades presenciais será retomado progressivamente.

UNISALES

  • Está retornando com os estágios da área da saúde. Demais atividades, não há data para retorno presencial.

Fucape

  • Abriu processo para que os alunos escolham o modelo de aula desejado (se presencial ou telepresencial). A volta das turmas presenciais é esperada ainda para este mês.

FDV

  • Ainda não tem uma data definida para retorno das aulas presenciais.

Saberes

  • As aulas deste semestre continuarão na modalidade remota (online).

DOCTUM

  • Retornará primeiro o atendimento nas bibliotecas e secretarias, e depois com as aulas presenciais, com esquema de rodízios de cursos.

Fonte: Governo do Estado e instituições.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS