search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Educação financeira é aliada no combate ao endividamento
Tribuna Livre

Educação financeira é aliada no combate ao endividamento

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) indicam que cerca de metade dos brasileiros (48%) tiveram o CPF negativado em pelo menos algum momento dos últimos 12 meses, em função de dívidas atrasadas.

Entre os motivos que levaram a esta situação, estão a retração na atividade econômica, o prolongamento do elevado nível de desemprego (que foi em média de 11,3%, em 2016; 12,8%, em 2017; 12,3%, em 2018; e 11,9%, em 2019, de acordo com dados do IBGE), a redução no orçamento familiar e a falta de planejamento das famílias.

Além disso, as políticas de acesso ao crédito, associadas à facilidade de utilização do cartão de crédito, à complexidade das políticas bancárias, entre outros motivos, contribuíram para esta situação.

Isso porque, ao avaliar os dados específicos sobre o endividamento das famílias brasileiras, que constam no referido trabalho, para dezembro de 2019, tem-se que a principal atividade que contribuiu para esta situação foi a bancária, seguida pelo comércio e pela comunicação.

Outro ponto que chama a atenção na pesquisa é que o público com idades entre 30 e 49 anos representou 45,8% dos devedores e teve 48,3% das dívidas, embora participe com 41% do público-alvo da pesquisa (que, por sua vez, refere-se a pessoas com idades entre 18 e 94 anos).

Ou seja, a participação dos que estão endividados nesta faixa etária supera a sua respectiva representatividade na população brasileira.

Ainda sobre esse público, com idades entre 30 e 49 anos, vale lembrar que se refere exatamente àquele que deveria estar inserido no mercado de trabalho e ter atingido o auge de seu nível de qualificação profissional.

Por isso, a preocupação com dívidas pode se tornar um problema a mais para essas pessoas, especialmente para aquelas que estão desempregadas e que podem, em suas famílias, não ter outra fonte de renda.

Sobre essa questão, é importante considerar que, em momentos de prosperidade financeira das famílias, é comum as pessoas seguirem esta tendência e alterarem/ampliarem seu padrão de consumo.

Contudo, estas pessoas, na maioria dos casos, não foram ou não estão preparadas para momentos de retração, já que nesses períodos é preciso realizar um planejamento financeiro, reavaliar o orçamento, rever conceitos e alterar o padrão de consumo.

Por isso, medida como a implantação de educação financeira, especialmente na base escolar, pode ser um importante instrumento para que as pessoas aprendam, desde cedo, noções de planejamento e de orçamento familiar, para os diversos momentos da economia.

Essa ação, embora talvez possa não trazer efeito no curto prazo, irá gerar benefícios à sociedade no longo prazo, a partir do momento que os cidadãos que receberem esse conhecimento virem a se inserir no mercado de trabalho e a se tornarem consumidores.

Leandro Lino é vice-presidente do Conselho Regional de Economia do Espírito Santo (Corecon-ES)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Falar menos e abraçar mais é receita para vida mais saudável

Recebi outro dia uma mensagem pela internet que aconselhava o seguinte: “Diante de qualquer desafio que se apresentar na sua vida, não perca tempo com falatório, nem com explicações e justificativas, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Candidatos a prefeito vão enfrentar o desemprego (parte 2)

A questão do desemprego será um grande desafio para os futuros gestores municipais. Por isso, é preciso se aprofundar sobre as causas da grande desocupação de trabalhadores no País e as possibilidade…


Exclusivo
Tribuna Livre

Poder de compra do Bolsa-Família aumenta durante atual governo

Nos cem dias do Governo Bolsonaro, foi anunciada a inclusão de uma 13ª parcela anual para a Bolsa-Família (PBF) ao invés do reajuste do valor dos benefícios pela inflação passada. De um …


Exclusivo
Tribuna Livre

Livro deve ser a arma da cultura e do saber do povo brasileiro

Mencionei, em uma outra crônica recente, que o ano de 2020 não começou muito bem, mas me referia ao mau tempo que vem causando estragos em alguns pontos do Brasil. Mas se olharmos para o estado …


Exclusivo
Tribuna Livre

O direito à privacidade e a exposição nas redes sociais

De início, é necessário destacar que a relevância do conceito de privacidade para os sujeitos não alcança apenas espectros de caráter pessoal, mas encontra garantia de proteção até mesmo no escopo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Carnaval, redes sociais e os cuidados com a saúde mental

A “revolução tecnológica”, da qual estamos a bordo, vem transformando o modo como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. O impacto da tecnologia – cada vez maior em nossa rotina diária – trouxe …


Exclusivo
Tribuna Livre

Educação inclusiva precisa de um olhar além do diagnóstico

A inclusão dos estudantes com deficiência ainda é um grande desafio. Apesar de, ao longo da última década, muitas mudanças significativas de entendimento acerca do assunto terem acontecido, algumas …


Exclusivo
Tribuna Livre

Custo Brasil é um desperdício de tempo e dinheiro do contribuinte

O chamado “custo Brasil” é uma antiga expressão utilizada para designar as despesas adicionais que empreendedores brasileiros enfrentam para realizar negócios no País, em relação a outras nações …


Exclusivo
Tribuna Livre

A lei que regula a proteção de dados não deve ser adiada

A proposição de adiamento do início da vigência plena da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), objeto do Projeto de Lei 5.762/2018, em tramitação no Congresso Nacional, significa um lamentável …


Exclusivo
Tribuna Livre

Conde d´Eu nunca deixou de amar o Brasil que o acolheu

A vida de Gastão de Orléans não foi fácil. Aos 5 anos, foi exilado de sua pátria natal, a França, por um golpe republicano que destronou seu avô, o rei Luís Felipe. Uma de suas primeiras lembranças é …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados