search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Educação 4.0, o novo normal e o Enem
Tribuna Livre

Educação 4.0, o novo normal e o Enem

Precisamos avançar para uma educação 4.0. Temos duas premissas: as mudanças na forma de se fazer quase tudo com a internet e as novas tecnologias e a nova base nacional comum curricular da educação (BNCC), principalmente do ensino médio. A pandemia acelerou a aplicação dessas bases, já atrasadas e agora urgentes.

Esta constatação está logo em seus eixos estruturantes: empreendedorismo, mediação e intervenção sociocultural, criatividade e investigação científica. De zero a dez, quanto as escolas do Brasil estão preparadas para estes quatro pilares? Podemos concluir que a média é baixa.

Este novo normal (mundo Vucad – Volátil, incerto, complexo, ambíguo e, agora, dangerous – perigoso) exige grandes mudanças: nos currículos, na metodologia e na postura dos alunos e professores. O currículo deve integrar-se com as novas linguagens, com a tecnologia 4.0 e com o novo conceito de mercado de trabalho.

Devemos inserir: as metodologias ativas para um aluno protagonista e solucionador; projetos com integração interdisciplinar, com intervenção e mediação sociocultural e possibilidade de serem incubados; alunos inseridos em um ambiente onde não exista uma única resposta e a criatividade e a inovação são as tônicas; as provas devem ser reais, com resultados medidos por rubricas, muita pesquisa com uso do mapa de empatia; a filosofia, abolida como disciplina obrigatória, deve ser a ética e o atendimento das necessidades da sociedade; formar cidadãos críticos para pensarem um novo conceito de sociedade, abrangendo a economia e a sustentabilidade.

Garantir uma boa base de matemática, línguas e ciências aplicadas e desenvolvimento de múltiplas habilidades, principalmente as emocionais.

Contudo, nosso paradigma é prepararmos nossos jovens no ensino médio focados só para a prova do Enem, a qual define o que será estudado. A maioria das escolas aguarda as mudanças no Enem para fazer o que chamamos de currículo reverso. Pensar o currículo só pelo Enem e não no que os jovens precisam para serem cidadãos e profissionais ativos neste novo normal.

Então, o Enem deve contemplar apenas linguagens e matemática e suas tecnologias, as bases imprescindíveis para todo cidadão.

As universidades ficariam à vontade para classificar os ingressantes só por esta prova ou aplicar uma outra com conhecimentos de áreas específicas para o dobro de alunos classificados na prova nacional. Assim, faríamos as inovações no ensino, abrindo novas possibilidades para nossos jovens.

A tarefa de resgatarmos o nosso atraso na educação será árdua e desafiadora. Com o Enem exigindo um currículo amplo e profundo e as escolas tendo-o como farol para montagem do currículo, seremos colonizados por países que preparam para as novas tecnologias e o empreendedorismo. Para avançarmos, uma boa dose do remédio está nas mudanças na educação e no Enem.

Fernando Cobe é diretor de colégio de educação básica e cursos técnicos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Corrupção institucional e descrença social

A expressão “corrupção institucional” é muito mais abrangente do que a mera “corrupção” porque esta se relaciona aos sujeitos individualmente considerados, enquanto aquela diz respeito ao sequestro …


Exclusivo
Tribuna Livre

Saneamento básico para todos é uma dívida social de séculos

Conhecida como o Novo Marco Legal do Saneamento, a sanção da Lei 14.026, em julho, abriu caminho para o Brasil pôr fim à uma dívida social de séculos. O objetivo da nova lei é levar o saneamento a …


Exclusivo
Tribuna Livre

Autoconhecimento é uma regra de ouro da vida

Há quem os critique, há quem os ame; eles já me resgataram do fundo do poço e lhes sou grata: os livros de autoajuda. Acredito no “querer é poder” junto com o “querer é agir para poder”. É preciso …


Exclusivo
Tribuna Livre

Câncer não está em quarentena, e exames precisam ser feitos

A pandemia de Covid-19 mostrou de maneira clara e sem filtro as inúmeras mazelas da sociedade. No Brasil, muitos morreram, milhares ficaram doentes e tantos outros perderam seus empregos. Além disso, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Lições do surfe e de uma saudável convivência

O Espírito Santo é um grande destino do surfe nacional, com praias de ondas perfeitas, boa localização e fácil acesso, com infraestrutura para seus praticantes. O surfe evoluiu, não é mais o esporte …


Exclusivo
Tribuna Livre

O novo presente, a ansiedade de futuro e o desafio da esperança

“Existirmos: a que será que se destina?” À beira da perda que desatina, Caetano fez filosófica rima para questionar a vida e sua sina. Ao incrementarmos o subir à tona da existência, após mergulho …


Exclusivo
Tribuna Livre

Indisciplina virtual é o novo desafio dos professores

Recentemente, durante uma aula online do 7º ano do ensino fundamental que presenciei, um grupo de alunos causou um tumulto. Áudios inoportunos e em volume exagerado, gritos e conversas excessivas no …


Exclusivo
Tribuna Livre

Nova agenda de desenvolvimento para o pós-pandemia

Entre o mar e as montanhas, o Espírito Santo possui inúmeras potencialidades que podem ser trabalhadas em prol de seu desenvolvimento e contribuir para o Estado despontar nos cenários nacional e …


Exclusivo
Tribuna Livre

A tecnologia e os novos rumos da educação

A pandemia evidenciou a necessidade dos indivíduos se adaptarem a todos os aspectos da existência. Foi a partir dela também que se reforçou o que já sabíamos há algum tempo: a evolução da sociedade …


Exclusivo
Tribuna Livre

Educação ambiental e as bases sustentáveis à cidade do futuro

Historicamente, a cidade tem sido o locus da vida social organizada, onde o comércio floresce e potencializa o desenvolvimento econômico e cultural de um povo. Desde a Revolução Industrial, todavia, …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados