Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Você pode ter dinheiro de loteria ou INSS esquecido. Entenda

Além dos R$ 8 bilhões divulgados pelo Banco Central, valores de benefícios atrasados e abonos salariais estão à espera dos donos

Redação jornal A Tribuna | 30/01/2022 19:49 h | Atualizado em 30/01/2022, 21:01

O anúncio do Banco Central de que cerca de R$ 8 bilhões esquecidos em contas ou cobrados indevidamente seriam devolvidos para os clientes de instituições financeiras provocou a queda do site do banco em razão da alta procura pelo dinheiro. 

Mas essa não é a única situação em que o brasileiro pode ter deixado algum dinheiro para trás.

Contas inativas do FGTS, abonos salariais nunca resgatados, atrasados do INSS, prêmios de loterias nunca reclamados e até direitos pouco conhecidos, como o subsídio para creche, podem ajudar na economia das famílias neste início de ano. 

Saiba na tabela abaixo como resgatar os valores de cada um deles.

Mas, antes, um alerta: após conquistar popularidade suficiente para derrubar o site, o Sistema de Valores a Receber (SRV) já está sendo usado como estratégia para aplicar golpes.

Enquanto o sistema do Banco Central não volta a funcionar — o que vai acontecer no dia 14 de fevereiro —, não há outro canal disponível para o cidadão descobrir quanto tem para receber ou para pedir a transferência do dinheiro. 

O BC informa que não entra em contato direto com os cidadãos, ou seja, não faz ligações e nem envia mensagens de WhatsApp.

Segundo o órgão, os recursos serão transferidos diretamente das instituições financeiras aos cidadãos, que não devem fazer qualquer depósito prévio. Quando a ferramenta voltar a funcionar, será preciso fazer o cadastro  e se identificar com usuário e senha.

A rapidez dos golpistas não surpreende especialistas. O burburinho dos últimos dias cria a atmosfera ideal para enganar os usuários, que se lembram de ter ouvido algo familiar e são levados pela confusão. Golpes semelhantes foram vistos em relação a pré-cadastros da vacina e quando o Pix foi lançado.

A Axur, plataforma que monitora vazamentos de dados e segurança nas redes, identificou durante a semana aplicativos falsos e páginas que se passam pelos sites oficiais do governo relacionados ao novo serviço. Ligações e mensagens pelo WhatsApp também foram registradas.

A ideia é passar-se por uma fonte oficial, alertar que o cidadão tem um suposto valor no banco a ser retirado e pedir informações como CPF e dados bancários.

ONDE O DINHEIRO PODE ESTAR

DPVAT

Qualquer vítima de acidentes de trânsito, inclusive pedestres, tem direito a indenizações do DPVAT, independentemente de quem foi a culpa ou mesmo se o veículo que causou o acidente não foi localizado.

O prazo para recebimento da indenização é de 30 dias. Os valores são R$ 2.700 para indenização de despesas médicas na rede privada, R$ 13.500 em casos de invalidez permanente e R$ 13.500 para herdeiros e familiares em caso de morte.

Para solicitar indenização, deve-se baixar o aplicativo DPVAT e logar  com os mesmos dados de  serviços da Caixa, como o Caixa Tem e FGTS. Depois, é preciso clicar em “Quero Solicitar minha indenização DPVAT”, informar detalhes do acidente, anexar documentos (como o boletim de ocorrência) e autorizar o crédito em conta poupança social digital.

Indenizações contra acidentes antes de 31 de dezembro de 2020 devem ser solicitadas no site da Seguradora Líder. Há ainda pontos de atendimento e uma central disponível no 0800-0221204.

Atrasados do INSS

São valores pagos pelo INSS a quem ganhou na Justiça o direito de concessão ou revisão do benefício.

As chamadas RPVs (Requisições de Pequeno Valor) englobam ações de até 60 salários mínimos (R$ 72,7 mil em 2022). Já precatórios são a forma de pagamento em causas acima desse valor.

O valor é geralmente depositado pela Justiça Federal em uma conta da Caixa ou Banco do Brasil, aberta pelo Judiciário para esse fim e que deve ser movimentada em até dois anos ou volta aos cofres públicos, explica a advogada previdenciária Adriane Bramante. “Os sites dos seis TRFs geralmente possuem um link chamado Precatórios, onde é possível pesquisar pelo CPF se o Precatório ou RPV já foi expedido”. 

Com o número do processo, é possível ver as informações públicas da ação e descobrir se o valor foi liberado. Mais detalhes podem ser acessados com a ajuda de um advogado.

Caso o prazo de dois anos tenha passado o segurado ou seus herdeiros devem recorrer à Justiça.

Prêmios de loteria

Em 2021, R$ 491 milhões foram deixados pelos premiados nas loterias da Caixa, em concursos como Mega Sena e Quina, segundo o portal Sorte Online, com informações da Caixa. 

após 90 dias da divulgação do resultado, o dinheiro é então destinado ao Fies e não pode ser recuperado.

Um dos vencedores da Mega da Virada de 2020, por exemplo, não se apresentou e perdeu R$ 162,6 milhões que ganhou no sorteio.

Saque do FGTS

Há pelo menos 15 situações em que os segurados podem sacar dinheiro de seu FGTS. Mas há quem esqueça os valores de contas inativas, de empregos antigos. É possível sacar o dinheiro após três anos sem emprego com carteira assinada.

Auxílio-creche

O direito de creche no local de trabalho ou pagamento alternativo de auxílio-creche às mães trabalhadoras é pouco conhecido por empregadores e empregados, diz o advogado trabalhista Domingos Savio Zainaghi. “Isso acontece, em parte, porque para ser obrigado a oferecer a creche o local de trabalho deve possuir no mínimo 30 mulheres com mais de 16 anos. Ou seja, é o caso de empregadores maiores, como indústrias”, diz Zainaghi.

A lei estabelece que as empresas são obrigadas a oferecer um local apropriado  para  seus filhos em período de amamentação, até os seis meses de idade.

Caso não possa oferecer o local, a empresa deve suprir a exigência por meio de vaga em creche externa ou pagamento de reembolso. A maioria opta por oferecer auxílio mensal.

Fonte: Especialistas ouvidos.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS