Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Valor de moedas digitais despenca e 100 mil ficam no prejuízo

As moedas digitais tiveram um dia de fortes perdas, ontem, e investidores de todo o planeta tiveram prejuízo

Rafael Guzzo, do jornal A Tribuna | 13/05/2022 17:48 h

As moedas digitais tiveram um dia de fortes perdas, ontem, levando investidores a terem prejuízo em todo o planeta. Exemplo da queda é o bitcoin, mais famosa criptomoeda, que em 2021 chegou a valer US$ 69 mil (R$ 354 mil, em valores atuais), e na noite de ontem valia US$ 28.557 (ou R$ 145.768).

-
- |  Foto: Douglas Schineider/AT
  

O motivo foi uma venda massiva, que levou a uma perda total de US$ 200 bilhões (mais de R$ 1 trilhão) no mercado de moedas virtuais em 24 horas, segundo estimativas do site CoinMarketCap.

O gatilho para essas vendas em série foi o colapso da TerraUSD, moeda digital ancorada no dólar.

O Brasil tem mais de 10 milhões de investidores em criptomoedas, segundo estudo da TripleA e Binance. A estimativa é que 2% desse total, ou 200 mil, esteja no Espírito Santo, conforme o tamanho da economia e a população capixaba em relação ao restante do País.

Desse total, conforme especialistas, pelo menos metade acabaram não conseguindo reverter as perdas. Foi o caso de um profissional de comunicação que tinha, há algumas semanas, pouco menos de R$ 2 mil investidos em bitcoins e ethereums.

Após um tempo sem verificar seus valores na corretora, o investidor teve uma surpresa, ao constatar que havia R$ 983 em sua carteira, pelo aplicativo de celular.

“Eu comprei para não checar mesmo, era um investimento para perder de vista. Investi cerca de R$ 1.400, ganhei um tanto, cheguei a ter R$ 2 mil, mas constatei hoje (ontem) que perdi R$ 1.000. Mesmo assim, não vou vender. É ter sangue frio e esperar para ver se sobe de novo”, explicou ele, que não quis ter o nome divulgado.

O caos da TerraUSD contaminou todo o mercado de criptomoedas: o Bitcoin desabou 10% para o menor patamar desde dezembro de 2020 e o Ethereum chegou a cair ontem 16%. Nas redes sociais, havia diversos relatos ontem de investidores desesperados com a derrocada da TerraUSD.

Com os bancos centrais acelerando a alta de juros em todo o mundo, para lidar com a alta da inflação em vários países, as moedas digitais têm sofrido fortes perdas.

Juros mais altos fazem com que aplicações mais conservadoras, como títulos de governos, se tornem mais rentáveis, levando os investidores a saírem de ativos de riscos, num movimento conhecido como “fuga para a qualidade”.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS