Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Ovo vira substituto da carne e fica mais caro

| 10/03/2021 13:29 h | Atualizado em 10/03/2021, 13:47

Consumidos como uma alternativa mais barata às demais proteínas animais (como carne de boi, de porco e de aves), os ovos vão ficar mais caros para o consumidor.

A alta dos grãos usados na alimentação dos frangos estão reduzindo as margens de lucros dos produtores. Com isso, o preço deve subir cerca de 25% para que a produção não fique no vermelho.

Nélio Hand: produtor em dificuldades
Nélio Hand: produtor em dificuldades |  Foto: Divulgação
De acordo com diretor executivo da Associação dos Avicultores do Espírito Santo (Aves), Nélio Hand, o ovo teve ajuste de preço nos últimos dias, mas não na mesma velocidade dos insumos usados para alimentar as galinhas.

“Em um ano, o milho subiu 48%. A soja teve aumento de 77%. Nesse mesmo período, o ovo teve um ganho de 16%. Isso está trazendo dificuldades para o produtor. O custo está acima da sua necessidade e o preço precisa de reajuste, que já deveria ter ocorrido porque muitos não estão aguentando”, disse.

Segundo Nélio, uma caixa com 30 dúzias (ou 360 ovos) é vendida pelo produtor por 125 reais. Com o aumento, o preço vai chegar a 156 reais. O preço para o consumidor, ele lembra, vai depender dos estabelecimentos comerciais.

“O ovo é um produto acessível para o consumidor e é claro que preocupa subir o preço. Mas a informação que temos do mercado é de que os insumos vão continuar em alta. Cabe a cada revendedor analisar de quanto vai ser o reajuste para o consumidor”, explicou.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS