X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Não tem valores a receber do Banco Central? Nova consulta começa em 2 de maio

Tipos de recursos que poderão ser resgatados foram divulgados nesta segunda (14)

Agência Folhapress | 14/02/2022 15:18 h

O Banco Central divulgou nesta segunda (14) quais tipos de recursos poderão ser resgatados nas próximas etapas de liberação de dinheiro do Sistema de Valores a Receber. Quem acessou o site disponibilizado neste domingo (13) e descobriu que não possui quantias a receber nesta etapa poderá fazer nova consulta no dia 2 de maio. Na primeira fase, os valores devolvidos são oriundo de contas-correntes ou poupanças encerradas com saldo disponível ou recursos de consórcios esquecidos, por exemplo.

A partir da segunda fase, serão devolvidos os seguintes valores, segundo o Banco Central:
- Tarifas cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
- Parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
- Contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível;
- Contas de registro mantidas por sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários e por sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários para registro de operações de clientes encerradas com saldo disponível;
- Entidades em liquidação extrajudicial;
- Recursos não recolhidos do FGC (Fundo Garantidor de Crédito);
- Recursos não recolhidos do FGCoop (Fundo Garantidor de Crédito do Cooperativismo de Crédito).
O calendário das próximas etapas do SVR será avaliado após o início da primeira fase, segundo o BC.
Na primeira fase, os valores disponibilizados são oriundos de:
- Contas corrente ou poupança encerradas com saldo disponível;
- Tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado com o BC;
- Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito;
- Recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

O SVR deve devolver até R$ 8 bilhões para pessoas e empresas nas diferentes fases de liberação de valores do sistema.
Nessa primeira fase, os interessados já podem consultar se possuem valores a receber e agendar a consulta às quantias e realização do resgate.
Para nascidos antes de 1968, as transferências poderão ser solicitadas entre os dias 7 e 11 de março. Já para nascidos após 1983, a liberação ocorrerá entre 21 e 25 de março. Há ainda um período de repescagem para quem perder a data definida.
Quando receber o agendamento, é necessário conferir se foi para o período de 4h às 14h ou de 14h às 24h. Se esquecer ou perder a data e o período agendados, basta fazer a consulta novamente para confirmar a informação. No caso de quem não voltar ao sistema no período definido, o calendário prevê uma data para repescagem.
O início da consulta começou algumas horas antes do previsto. Às 22h45 deste domingo (13), já era possível saber se há dinheiro para receber ou não. Para quem tiver dinheiro, o sistema informará uma data para retornar ao site, conhecer os valores disponíveis e solicitar sua transferência, a partir de 7 de março. O dinheiro deverá ser depositado via Pix, TED ou DOC em até 12 dias úteis.

VEJA O CALENDÁRIO DE LIBERAÇÕES DAS TRANSFERÊNCIAS (Nessas datas quem tem dinheiro a receber saberá quanto poderá sacar)
> Data de nascimento (pessoa física) ou de criação da empresa - Período de agendamento (consulta e resgate) - Data de repescagem (para quem perder a data agendada)
Antes de 1968 - 7 a 11/3 - 12/mar
Entre 1968 e 1983 - 14 a 18/3 - 19/mar
Após 1983 - 21 a 25/3 - 26/mar

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS