Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Médicos peritos do INSS são contra fazer consulta à distância

| 07/10/2020 17:39 h | Atualizado em 07/10/2020, 17:41

Apesar da determinação do TCU para que o INSS elabore um plano para ofertar a perícia médica de forma digital, os médicos peritos previdenciários dizem que o formato é inviável.

Fachada de agência do INSS.
Fachada de agência do INSS. |  Foto: Marcello Casal Jr/Agênci Brasil
A Associação Nacional dos Médicos Peritos Federais (ANMP) afirma que a medida seria ilegal, além de excluir as pessoas mais carentes que necessitam do serviço.

Segundo o delegado da ANMP no Espírito Santo, Ricardo Augusto Poltronieri, a perícia presencial é indispensável para o resultado do serviço.

“Temos que fazer manobras, ver feridas, cicatrizes, parte cognitiva. Salvo raras exceções, é praticamente impossível fazer uma perícia que tenha fatos que se possa colocar no laudo sem que seja presencial”, disse.

Além disso, a ANMP afirmou, na última semana, que o INSS vem tendo dificuldades em realizar o agendamento das perícias, e que médicos peritos têm ficado até mesmo com a agenda incompleta em alguns casos.

“Nos últimos dias, agendas de centenas de Peritos médicos federais, em diversas unidades da federação, não estão sendo completadas em sua integralidade com segurados”, diz o comunicado.
 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS