X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mais idosos procuram por serviços de turismo

O reaquecimento das viagens resgatou as boas expectativas de crescimento no setor de turismo e quem tem puxado essa alta são os idosos.

Matheus Souza e Verônica Aguiar, Do Jornal A Tribuna | 18/07/2022 17:21 h

Aparecida do Norte é um dos destinos preferidos dos aposentados
Aparecida do Norte é um dos destinos preferidos dos aposentados |  Foto: Divulgação

O reaquecimento das viagens resgatou as boas expectativas de crescimento no setor de turismo e quem tem puxado essa alta são os idosos.

Segundo a maior operadora de turismo do País, este ano houve um aumento de 29% na procura por pacotes de viagens pelo público com mais de 60 anos. 

São idosos que querem aproveitar a melhor idade conhecendo as belezas do País. E há quem se arrisque a viajar até mesmo para o exterior, como é o caso de  Cida Rodrigues, de 60 anos. 

A diarista de Colatina conta que já viajou pela América do Sul de ônibus quatro vezes. O próximo destino  já está marcado: ela vai para Aparecida do Norte (SP) em janeiro do ano que vem.

“Eu amo viajar e vou sempre que posso. Eu gosto de excursão porque consigo conhecer as pessoas. Mas o bom dela é que tudo já fica organizado. Geralmente vou com meu filho, que tem 14 anos”.

Na última viagem ela foi para Foz do Iguaçu, depois para o Paraguai e Argentina. 

“Foi uma experiência muito boa, a gente conhece muitos lugares. De ônibus a gente vai parando e conhecendo as cidades. De avião você não consegue aproveitar os locais e as paisagens”, diz.

Adelson Capila, de 51 anos, deixou de ser motorista de ônibus e há nove anos  trabalha organizando excursões. Ele relata que idosos são a maioria nos grupos. 

“Viajam para sair da rotina e fugir da depressão. Andamos 8km de mata a dentro, são pessoas que vão para clarear a mente”, informa.

Novo serviço reduz preços

As passagens de ônibus já são mais baratas que de avião e algumas opções possibilitam economizar ainda mais na hora de pegar a estrada. A economia pode chegar a  até 60% em relação aos ônibus rodoviários convencionais.

Nessas horas a tecnologia é uma das principais aliadas. Foi na  onda de resolver tudo por aplicativo que surgiu a ideia do Buser. 

A empresa  de tecnologia explicou  que faz a intermediação de viagens rodoviárias por meio da plataforma virtual e do aplicativo, dentro do modelo conhecido como “fretamento colaborativo”. 

Segundo a Buser, as viagens são feitas por empresas fretadoras parceiras, que contam com todas as licenças necessárias para operar e também pagam todos os impostos exigidos pelo poder público.

A empresa faz mais de 470 trechos no País e afirma que suas passagens podem sair até 60% mais baratas que nos tradicionais ônibus de rodoviária.

De olho no público que deseja economizar, algumas viações rodoviárias resolveram lançar opções de linhas mais econômicas. É o caso da Águia Branca, que possui a ÁguiaFlex. 

O segmento da empresa, além de oferecer passagens mais baratas, garante uma experiência 100% digital, já que a compra e o embarque são feitos totalmente pela plataforma e sem usar papéis.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS