X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Levantamento aponta quais as cidades que mais investem em Saúde e Educação

| 17/08/2021 15:15 h | Atualizado em 17/08/2021, 15:35

Servidores da Prefeitura de Vitória vão ter folga na sexta-feira. Mas no próximo feriado, serão cinco dias de descanso
Servidores da Prefeitura de Vitória vão ter folga na sexta-feira. Mas no próximo feriado, serão cinco dias de descanso |  Foto: Thiago Coutinho/AT

Prioridades constantes dos municípios capixabas para garantir a qualidade de vida dos moradores, as áreas de Saúde e Educação receberam grandes aplicações de recursos públicos no ano passado em todo o Estado.

O anuário Finanças dos Municípios Capixabas, publicado em julho, detalhou as despesas e investimentos feitos por todas as cidades em 2020. Serra foi o município que mais aplicou em Saúde (R$ 316 milhões), enquanto Vitória liderou o ranking de investimentos na área de Educação (R$ 409 milhões).

De acordo com Tânia Villela, economista e diretora da Aequus Consultoria, que é responsável pela produção do anuário, houve um aumento de 11,4% da área de Saúde em todo o território capixaba.

Ela destacou que R$ 2,8 bilhões foram investidos na área em todos os municípios. A diferença, ela destacou, ocorreu por causa da pandemia. “Houve uma realocação dos recursos e os municípios tiveram que ampliar gastos como Saúde. É um gasto recorde dos municípios na área”, explicou.

Depois da Serra, as cidades que mais investiram em Saúde foram Vitória (R$ 298 milhões), Linhares (R$ 216 milhões), Vila Velha (R$ 191 milhões) e Colatina (R$ 133 milhões).

Por outro lado, o Estado apresentou uma diminuição de despesas com Educação, também por causa da pandemia e da não realização de aulas presenciais.

“Na Educação, diminuiu a necessidade do gasto, pois as aulas presenciais foram substituídas pelas online, e isso representou economia de energia, merenda, materiais. Foi uma redução de 9%, gerando uma economia de R$ 343,7 milhões em todo Estado”, disse Tânia.

Ao todo, os municípios aplicaram R$ 3,5 bilhões em Educação, sendo de Vitória o maior investimento (R$ 409 milhões), seguido de Serra (R$ 370 milhões), Vila Velha (R$ 329 milhões) e Cariacica (R$ 251 milhões). No interior, Linhares foi o município que mais aplicou na área (R$ 177 milhões).

“Serra tem meio milhão de habitantes, então a necessidade de investimentos é grande por conta disso. Já Vitória tem uma condição melhor na parte de infraestrutura”, explicou Victor Coelho, presidente da Associação dos Municípios do Estado (Amunes).

Para este ano, Tânia afirmou acreditar que a despesa com Saúde vai continuar com grandes investimentos. “Vai continuar elevado, mas talvez não tão elevado como no ano passado. A educação deve continuar em níveis mais baixos, mesmo com a volta das aulas presenciais. Mas deve aumentar em relação ao ano passado”.

Imagem ilustrativa da imagem Levantamento aponta quais as cidades que mais investem em Saúde e Educação

Investimento cresce até 345%

Tânia Villela: qualidade de vida
Tânia Villela: qualidade de vida |  Foto: Divulgação
Mesmo diante da pandemia que explodiu no ano passado, os municípios, de forma geral, ampliaram os investimentos em 37,5% em relação ao ano anterior. Segundo o anuário Finanças dos municípios Capixabas, foram R$ 487,6 milhões adicionais aplicados na aquisição de equipamentos e realização de obras.

Ao todo, os municípios investiram R$ 1,79 bilhão em 2020. O anuário mostrou que o município de Jaguaré foi a que mais aumentou a despesa com investimentos: foram R$ 22,8 milhões no ano passado, que representa 345% a mais do que em 2019 (R$ 5,1 milhões).

De acordo com Tânia Villela, economista e diretora da Aequus Consultoria, que é responsável pela produção do anuário, o aumento está relacionado aos royalties. “Foi um dos poucos municípios que tiveram aumento de royalties e isso ajudou nos investimentos”, disse.

O anuário classifica nesta categoria todos os investimentos com infraestrutura, máquinas e equipamentos que o município fizer.

“Investimento em obras e reformas, urbanização de cidades, compra de máquinas e equipamentos, construção de pontes, escolas, postos de saúde. Tudo isso dinamiza a economia e aumenta a qualidade de vida das pessoas. Por outro lado, gera um gasto maior de manutenção”, explicou Tânia.

Na Grande Vitória, a cidade que mais aumentou investimento foi Vitória (86,92%), seguida por Vila Velha (77,63%), Guarapari (72,25%), Serra (40,09%), Fundão (28,75%), Cariacica (13,67%) e Viana (12,88%).

Os municípios que mais diminuíram investimento foram Brejetuba (-53,87%), Itapemirim (-52,55%) e Conceição da Barra (-49,56%).

Imagem ilustrativa da imagem Levantamento aponta quais as cidades que mais investem em Saúde e Educação

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS