Login

Atualize seus dados

FRAUDE

INSS alerta aposentados sobre novo golpe com a prova de vida

Vigaristas fingem ser membros do órgão em contato pelo telefone ou WhatsApp para pegar dados e pedir empréstimo em bancos

13/01/2022 15:42:34 min. de leitura

Imagem ilustrativa da imagem INSS alerta aposentados sobre novo golpe com a prova de vida
Aposentado recebe mensagem pelo celular: contato por meio do WhatsApp não deve ser considerado, diz INSS Foto: Divulgação
 

Além das intermináveis ligações com oferta de crédito consignado, muitos deles fraudulentos, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) agora estão recebendo ligações para realizar a prova de vida dos benefícios. 

Entretanto, o INSS alertou que trata-se de um golpe, já que não realiza contato para esse tipo de procedimento.

Segundo o órgão, na ligação, são informados pelos golpistas todos os dados pessoais do beneficiário. Também é enviada uma mensagem, por WhatsApp, pedindo para que o aposentado envie uma foto de um documento para finalizar o processo de recadastramento. 

E é justamente nesse ponto que consiste a fraude: os golpistas ficam de posse da documentação e dos dados e fazem transações irregulares em nome de aposentados e pensionistas, como contratação de empréstimos.

“O INSS não entra em contato por meio de mensagens de telefone ou aplicativos como WhatsApp, ligação ou e-mails para oferecer serviços de empréstimo consignado, nem envia motoboys para a casa dos beneficiários. Não devem ser passados, em nenhuma hipótese, informações como senhas e dados bancários”, informou a autarquia.

Caso receba esse tipo de ligação, a orientação do INSS é para que desligue o telefone e não forneça nenhuma informação, já que não é feito contato para prova de vida por este meio.

Ainda segundo o INSS, o contato com o segurado somente é feito em situações específicas, como para informar a respeito de procedimentos, andamento de requerimentos ou realizar reagendamentos, e, em nenhum momento há solicitação de qualquer informação, como CPF, nome da mãe ou senha.

Nestes casos, o segurado pode ainda receber um e-mail, um SMS, uma carta ou ligação do INSS, sempre por meio dos canais oficiais de atendimento: Meu INSS, central de atendimento 135, ou SMS identificado como 280-41.

Além de manter dados como telefone e endereço atualizados junto ao INSS, caso o cidadão que tenha sido notificado e tenha ainda alguma dúvida, poderá ligar para o 135, a fim de obter mais informações.

Febraban e Procon dizem que cobram soluções

O Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) afirmou que tem atuado em conjunto com o Ministério Público Estadual, a Defensoria Pública do Estado e a OAB-ES para buscar entender qual é a raiz do problema relacionado ao assédio aos aposentados do INSS para que seja efetivamente solucionado. 

O órgão enviou uma notificação ao INSS, em julho de 2021,  fazendo uma série de questionamentos sobre medidas para prevenir fraudes a empréstimos consignados, entre outros problemas. Nos últimos 12 meses, o Procon-ES registrou 1.667 reclamações relativas a empréstimos consignados. 

Já a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) afirmou que “é considerada falta grave qualquer forma de captação ou tratamento inadequado ou ilícito dos dados pessoais dos consumidores”. Em 2021, mais de 700 sanções foram aplicadas e 167 correspondentes bancários tiveram atividades suspensas.


SAIBA MAIS


Previdência nunca faz contato por telefone

Novas tentativas de golpe

  • O INSS alertou que não realiza contato por telefone ou WhatsApp solicitando documentos e informações dos segurados para realização da prova de vida, procedimento anual que voltou a ser obrigatório a partir deste mês.
  • A prova de vida é um procedimento contido em lei para evitar fraudes e pagamentos indevidos.
  • O procedimento deve ser feito no banco no qual o beneficiário recebe seu pagamento, por meio de biometria no caixa eletrônico, ou comparecendo à agência com documento de identificação.

Prova digital

  • A prova de vida digital também está disponível, mas somente para segurados que possuem biometria cadastrada junto ao Detran ou Justiça Eleitoral.
  • Neste caso, o beneficiário precisa acessar um dos aplicativos, Meu INSS ou Meu Gov.br, e seguir as instruções para envio das informações. Esse procedimento somente deve ser realizado em um dos dois aplicativos oficiais.

Como se proteger

  • O INSS adverte para que, caso receba algum tipo de ligação solicitando dados pessoais, o segurado desligue o telefone e não forneça nenhuma informação. E reafirma que não faz contato por telefone para procedimento de prova de vida.
  • O contato somente é feito em situações específicas e para informar a respeito de procedimentos, andamento de requerimentos ou realizar reagendamentos, e, em nenhum momento solicita qualquer informação, como CPF, nome da mãe ou senha.
  • Caso o cidadão tenha sido notificado e tenha alguma dúvida, ele poderá ligar para a central de atendimento no número 135, a fim de obter mais informações.

Fonte: INSS