X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Ideias para lucrar com a volta às aulas

Aulas, reforma de uniformes, transporte e, com a pandemia, porta-máscaras estão entre as opções para ganhar até 5 mil ao mês

Ludmila Azevedo, do jornal A Tribuna | 07/02/2022 15:59 h

A empreendedora Mila Albiani chega a ganhar por mês R$ 2.500 com porta-máscaras e porta-álcool em gel
A empreendedora Mila Albiani chega a ganhar por mês R$ 2.500 com porta-máscaras e porta-álcool em gel |  Foto: Divulgação
 

Os estudantes estão retornando às aulas presenciais em todo o Estado e os empreendedores já estão de olho nas demandas – antigas e atuais – de alunos de todas as idades. 

Entre os negócios que sempre ficam em alta no período letivo estão, por exemplo, as aulas de reforço e a revisão de artigos acadêmicos. 

Outra forma de obter renda com o retorno das aulas está de volta depois de um longo período de estudo remoto: é o caso do transporte escolar.  

“O retorno das aulas nas escolas públicas e privadas trouxe de volta esse alento para as empresas e autônomos, que chegam a faturar R$ 5 mil por mês nas vans escolares”, lembrou o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), Alberto Gavini. 

O novo normal, de cuidados para evitar a transmissão da covid-19, possibilitou novas fontes de renda. Artesãs já estão produzindo porta-máscaras nas cores de preferência da criança.

“Estou vendendo muitos porta-máscaras com divisão para a máscara limpa e a suja, além de porta-álcool em gel. Tudo com o nome do aluno e as estampas pedidas”, relatou Mila Albiani, que chega a ganhar R$ 2.500 nos meses mais movimentados. 

As máscaras de pano também continuam em alta, com desenhos divertidos. 

“Há ainda empreendedores que fazem etiquetas personalizadas  para colocar na garrafa de água, na pasta e no caderno, para não correr o risco de as crianças trocarem objetos”, relatou a gerente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES), Carla Bortolozzo. 

A pandemia também fez explodir a procura por aulas particulares, especialmente para as crianças em fase de alfabetização ou com dificuldades no aprendizado.  

“Cheguei a ganhar até dois salários mínimos no auge da pandemia. Muitos tinham medo de a criança ficar atrasada com as aulas online. Hoje, a demanda está mais controlada, devo começar a ter alunos nas próximas semanas”, relatou a pedagoga Maristela dos Santos Coura, de 24 anos. 

Para as meninas que sentiam falta de se arrumar para ir à escola, outra ideia. “Estou fazendo kits de acessórios para cabelo, como laços, para que as meninas usem algo diferente todos os dias. As mães escolhem os modelos”, explicou a artesã Raquel Coutinho da Silva.


SAIBA MAIS

15 opções para empreender


1 - Reforma de mochilas e uniformes

UM dos serviços que mais dão dinheiro nesta época do ano, a reforma de mochila,  bolsas e uniformes pode ser uma renda extra para quem manda bem na costura.

2 - Etiquetas personalizadas

a personalização de adesivos com o nome do aluno evita que objetos e materiais escolares sejam confundidos e trocados, além de dar um charme a mais, com cores e personagens divertidos.

3 - Venda de livros didáticos usados

Outra dica para ganhar um dinheiro extra é a venda de livros didáticos que o aluno usou nos anos anteriores. Outros pais e até mesmo algumas lojas sempre se interessam em comprar os   livros, desde que estejam em boas condições e sem atividades preenchidas à mão.

4 - Reforço escolar

As aulas particulares de reforço escolar costumam ter mais demanda no período de provas, o que acontece algumas semanas depois do início das atividades nas escolas.

Em média, os professores do Estado cobramem torno de  R$ 50 pela hora de aula. 

5 - Transporte escolar

Depois de dois anos de pandemia, com as escolas vazias, as empresas e profissionais autônomos voltam a faturar com as vans de transporte escolar. 

Quem deseja trabalhar na área deve estar credenciado junto ao Departamento de Trânsito do Estado. Acesse detran.es.gov.br. É possível ganhar, em média, R$ 5 mil por mês.

6 - Venda de acessórios da moda

A moda da vez, como acessórios, bijuterias e brinquedos, pode fazer com que os artesãos mais antenados faturem com os estudantes.

7 - Kits para comemorações

Empreendedores  já estão fazendo kits personalizados com bolo, doces, salgadinhos, ou até mesmo lembrancinhas para os amigos dos aniversariantes levarem para casa.

8 - Pipoca, doces e salgados 

Quem nunca comprou aquela pipoca na saída da escola? Com o retorno das aulas presenciais, os empreendedores podem ficar de olho: a demanda por um lanchinho para beliscar depois da aula vai voltar.

9 - Lanches prontos

Também é possível fazer lanches prontos, como sanduíches, para que os alunos levem para a escola.

10 - Máscaras e bolsas para guardá-las

As máscaras de pano, com nome da criança ou personagens de desenho animado, estão em alta. Para os longos dias de aula, os porta-máscaras têm divisórias para separar as limpas das usadas. Também é possível fazer porta-álcool em gel.

11 - Estojos e organizadores

Necessaires para deixar mochilas organizadas e estojos personalizados já têm alta procura.

12 - Cadernos artesanais

“Scrapbooks”, cadernos personalizados, post-its e divisórias para fichário deixam o material escolar mais divertido.

13 - Revisão de trabalhos

Mais comum  entre os universitários, a demanda pela revisão ortográfica e formatação de artigos e trabalhos de acordo com as normas técnicas é sempre alta.

14 - Lancheiras

Mochilas e lancheiras estão cada vez mais caras. Optar pelas artesanais, além de economizar dinheiro, permite a personalização de acordo com o gosto da criança.

15 - Cópias e plastificação

Documentos de matrícula, apostilas, cópias de livros, xerox de listas de exercícios, plastificação de cadernos. Pais, alunos e professores sempre precisam desses serviços.

Fonte: Pesquisa AT

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS