X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Empresas procuram novos talentos e até pagam cursos para atrair jovens

Objetivo é oferecer a profissionais a chance de estudar e ter uma formação para, depois, ser contratado e entrar para o quadro funcional

Matheus Souza, do jornal A Tribuna | 17/07/2022 14:55 h

Com dificuldade de encontrar profissionais qualificados, diversas empresas têm investido em programas de qualificação profissional para jovens e demais profissionais que querem se recolocar no mercado de trabalho.

Além de formar talentos, as iniciativas visam também desenvolver futuros colaboradores. Isso porque muitos dos programas dão a possibilidade de inserir esses alunos no cotidiano das empresas e até contratá-los.

Segundo a presidente da seccional capixaba da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-ES), Neidy Christo, existe uma grande dificuldade em encontrar profissionais qualificados em áreas como inovação, saúde e vendas. Apesar disso, o setor que mais sofre com a falta de trabalhadores aptos é o de tecnologia.

“Não dava para as empresas esperarem de braços cruzados os  profissionais que elas estavam precisando. As que tinham maior capital resolveram correr atrás da sua própria demanda”.

Além de resolver o problema relacionado à falta de colaboradores, diz ela, essas iniciativas sociais servem para fortalecer o valor das marcas diante da sociedade. 

Ela explica que esses investimentos possibilitam formar profissionais que entendem as demandas da empresa. “Representa ganho em produtividade, excelência de atendimento e processos. No final das contas é mais rentável para a empresa ter esses profissionais mais moldáveis”.

O deputado federal  Felipe Rigoni vai além e aponta o risco de um apagão de mão de obra no mercado de trabalho. “É o desespero das empresas. Elas estão tendo que dar um jeito. Temos um risco de um apagão generalizado no País porque não tem gente qualificada”.

Diante deste cenário, a plataforma tecnológica de investimentos XP resolveu abrir a própria faculdade com graduação gratuita, novos MBAs (pós-graduação voltada a administradores) e cursos livres.

Nesta etapa serão disponibilizadas 400 vagas em cursos de tecnologia. A XP também lançou uma plataforma com dezenas de cursos livres na área de tecnologia, inovação e finanças. O estudante paga uma mensalidade de R$ 65 e tem acesso a todos os cursos.

As demais empresas que oferecem chances estão na tabela ao lado.

Saiba mais | Os cursos

> Faculdade XP 

> A plataforma de investimentos XP lança sua própria faculdade e promete cursos de graduação gratuitos.

> Nesta etapa, serão 400 vagas em cursos de tecnologia.

> Os cursos: Sistemas de Informação, Ciência de Dados, Análise de Desenvolvimento de Sistemas, Banco de Dados e Defesa Cibernética.

> Curso 100% digital.

> Processo seletivo através de nota do Enem de até quatro anos atrás ou Avaliação Teórica Classificatória da XP.

> Inscrições até terça-feira em www.xpeducacao.com.br

> XP Multi+

> A XP Educação também lançará uma plataforma voltada a cursos rápidos.

> São mais de 40 opções de cursos na modalidade imersiva.

> A plataforma pode ser assinada através de mensalidade no valor de R$ 65 e o aluno pode fazer quantos cursos quiser.

> Há mais de 10 cursos livres em finanças, do iniciante ao avançado.

> Assinaturas podem ser realizadas em www.xpeducacao.com.br/bootcamp

> Santander

> O banco, por meio do seu segmento Santander Universidades, lança a 3ª edição do seu programa voltado para introdução às tecnologias de programação.

> A iniciativa é uma parceria com Edtech Let's Code e vai ofertar 15 mil bolsas.

> Cursos: Web Full Stack, Data Science, Engenheiro de Dados, Mobile (Kotlin) e Automação de Testes.

> Não é necessário ser formado ou estar cursando uma graduação.

> Além da formação completa, ainda existe a possibilidade de integrar o time de tecnologia do banco.

> Inscrições vão até 11 de agosto em www.letscode.com.br/processos-seletivos/santander-coders

> Itaú

> A instituição está com um programa de qualificação profissional voltado a pessoas trans.

> O projeto tem como objetivo ampliar a inclusão de profissionais LGBTQIA+ no mercado de trabalho.

> As aprovada no processo seletivo serão contratadas como colaboradoras do Itaú Unibanco e integrarão a equipe de Operações e Atendimento do banco.

> Duração: cinco semanas e promoverá aulas síncronas (ao vivo e com transmissão online) e com conteúdos gravados.

> O currículo inclui conhecimentos técnicos em Kaizen, Lean, Ágil e Design Thinking.

> Inscrições vão até sexta-feira no link https://bit.ly/VemProItau

Samsung

> A empresa de tecnologia por meio da sua iniciativa educacional Samsung Ocean oferece capacitação tecnológica à comunidade.

> São cursos gratuitos na área de tecnologia de curta duração e com certificado.

> As aulas ocorrem diariamente de forma ao vivo.

>a agenda  de cursos e as inscrições podem ser feitas no site www.oceanbrasil.com/

Fonte: XP investimentos, Samsung, Itaú e Santander.

Gigante da tecnologia

A  gigante da tecnologia Google tem o projeto “Cresça com o Google” que oferece cursos e ferramentas para quem quer iniciar uma trajetória profissional ou comercial no digital.

São cursos de curta, média e longa duração. Dentro da área de certificação profissional há opções nas áreas de Suporte em T.I., Análise de Dados, UX Design e Gerenciamento de Projetos.

A Patrícia participou de um dos cursos e atualmente é uma engenheira de dados certificada pela empresa.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS