X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Empresa vai construir fábrica de café solúvel em Linhares e abrir 700 vagas de emprego

| 02/03/2021 17:39 h | Atualizado em 02/03/2021, 18:00

A construção de uma fábrica de café solúvel em Linhares, no Norte do Estado, vai trazer um investimento privado na ordem de R$ 700 milhões ao Estado. O investimento será feito pela Olam Internacional, de Singapura, que fará o seu terceiro e maior investimento no Espírito Santo. A previsão é de que o empreendimento gere até 700 empregos durante a obra.

A informação foi divulgada pelo Governo do Estado, após uma reunião entre o governador Renato Casagrande e executivos da Olam Internacional.

Segundo o governo, os R$ 700 milhões em investimento serão destinados à construção e montagem da fábrica que, após dois anos de obras, poderá processar aproximadamente 600 mil sacas de café em grãos por ano. A previsão é que a nova fábrica comece a produzir em fevereiro de 2023, com a produção de 13,5 mil toneladas de café solúvel por ano.

A Olam Internacional já conta com outros dois empreendimentos no Espírito Santo, sendo um em Nova Venécia, desde 2011, e outro em Muniz Freire, desde 2018.

"O café é um produto importante da economia rural capixaba, vai agregar valor ao produto, promover o desenvolvimento, principalmente no interior do Estado”, analisou Renato Casagrande.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS