X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Caminhoneiros receberão R$ 2.000 de auxílio no dia 9 de agosto

Cadastramento de taxistas começa nesta segunda-feira (25)

Felipe Nunes, da Agência Folhapress | 25/07/2022 14:50 h

Mais de 870 mil profissionais cadastrados devem ser beneficiados com o programa
Mais de 870 mil profissionais cadastrados devem ser beneficiados com o programa |  Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
 

As duas primeiras parcelas do Auxílio Caminhoneiro serão pagas no dia 9 de agosto, informou nesta segunda-feira (25) o Ministério do Trabalho e Previdência. Os R$ 2.000 depositados serão referentes aos benefícios dos meses de julho e agosto.

A estimativa da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), órgão responsável pelo registro dos profissionais, é de que mais de 870 mil profissionais cadastrados sejam beneficiados com o programa, que prevê o repasse de seis parcelas até dezembro deste ano.

Para os taxistas, o Ministério do Trabalho e Previdência projeta que o valor do benefício também seja de parcelas mensais de R$ 1.000, mas diz que os pagamentos podem cair de acordo com o número de habilitados.

O Ministério da Cidadania chegou a divulgar que o benefício emergencial, batizado pelo governo de BEm Taxista, seria de R$ 200 mensais, mas a pasta do Trabalho e Previdência contesta o valor.

Para viabilizar o pagamento do auxílio aos caminhoneiros, o Ministério do Trabalho e Previdência solicitou informações à ANTT. Segundo o governo, os dados de cadastro dos motoristas já estão em processamento pela Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência).

O governo ainda não liberou a consulta para o profissional saber se tem direito ou não ao benefício.

O auxílio para os caminhoneiros foi liberado após aprovação de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que autoriza o gasto acima do teto às vésperas das eleições. No total, o pacote aprovado tem o custo previsto em R$ 41,25 bilhões.

Além dos caminhoneiros, a medida também beneficia taxistas e amplia o Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600 até o fim do ano e a duplicação do Auxílio Gás para cerca de R$ 120.

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, terão direito a receber o benefício os transportadores autônomos de carga cadastrados na ANTT até o dia 31 de maio. Segundo a agência, até este período estavam cadastrados 872.320 profissionais.

CADASTRAMENTO DE TAXISTAS COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA (25)

O Ministério do Trabalho e Previdência começa a receber, nesta segunda-feira (25), os dados dos taxistas que poderão receber o Auxílio Taxista. A previsão é de que os profissionais recebam o valor de R$ 2.000 -referente às duas primeiras parcelas- no dia 16 de agosto. O envio dos cadastros é responsabilidade dos municípios.

Nesta primeira etapa, o cadastro deve ser feito pelos entes municipais e distrital até o dia 31 de julho, no portal do Ministério do Trabalho.

Para as prefeituras que não conseguirem atender o primeiro prazo, será concedida nova oportunidade ainda no mês de agosto. O sistema estará aberto novamente no período de 5 a 15 de agosto.

A previsão é pagar até seis parcelas de R$ 1 mil cada. Assim como no caso do Auxílio Caminhoneiro, o primeiro pagamento será em 16 de agosto e deverá contemplar duas parcelas, referentes aos meses de julho e agosto. Já o pagamento dos taxistas incluídos na segunda etapa está previsto para o dia 30 de agosto.

Terão direito ao benefício os motoristas de táxi titulares das permissões ou concessões (alvarás) em vigor no dia 31 de maio de 2022 e que tenham CNH (Carteira Nacional de Habilitação) válida.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS