X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Economia

Caixa abrirá agências 1 hora mais cedo para renegociar dívidas nesta sexta-feira

Expectativa do governo é que 30 milhões de pessoas sejam beneficiadas neste primeiro momento


Imagem ilustrativa da imagem Caixa abrirá agências 1 hora mais cedo para renegociar dívidas nesta sexta-feira
A ação, chamada de Dia do Desenrola, visa atender o público interessado em renegociar suas dívidas pelo programa Desenrola Brasil |  Foto: Acervo/AT

A Caixa Econômica Federal anunciou que abrirá suas agências com uma hora de antecedência nesta sexta-feira (21). A ação, chamada de Dia do Desenrola, visa atender o público interessado em renegociar suas dívidas pelo programa Desenrola Brasil.

Segundo o banco público, a procura por negociação de dívidas dobrou em seus canais no período de dois dias. Maria Rita Serrano, presidente da Caixa, acompanhará os atendimentos em agências no Distrito Federal, segundo a instituição.

Leia mais notícias de Economia aqui

Além do atendimento antecipado em agências físicas, a Caixa disponibilizará um caminhão-agência em Santos (SP). A Caixa divulgou que, na Faixa 2 do Desenrola, os clientes poderão pagar à vista com descontos de até 90%, ou parcelar a dívida em até 96 meses (oito anos), com juros a partir de 1,18% ao mês.

Para negociar a dívida, além das agências bancárias, o correntista pode usar o aplicativo Cartões Caixa, o site da Caixa Desenrola ou os telefones 0800-104-0104 (que também pode ser acionado pelo WhatsApp) e 4004-0104 (capitais e regiões metropolitanas).

Como funciona a faixa 2 do Desenrola Brasil

Atualmente, na faixa 2 do Desenrola, podem aderir quem tem dívida bancária que gerou a negativação entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022.

O participante com renda entre R$ 2.640 (dois salários mínimos) e R$ 20 mil por mês terá prazo mínimo de 12 meses para pagar. A quantidade de parcelas e a taxa de juros serão negociadas com o banco.

Não há limite da quantia a ser quitada. Caso a instituição financeira não participe do programa, o correntista pode fazer a portabilidade da dívida para outro banco, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

Com a renegociação do valor em débito, o cliente que deve até R$ 100 terá o nome retirado da lista de inadimplentes assim que aderir ao Desenrola, caso não tenha dívidas de outras origens como luz, água e lojas.

Isso permitirá que ele obtenha outras linhas de crédito ou assine contrato de aluguel, por exemplo. Porém, a dívida deve ser paga e a pessoa voltará a ter o nome na lista de inadimplentes se não quitar as parcelas renegociadas em dia.

A expectativa do governo é que 30 milhões de pessoas sejam beneficiadas neste primeiro momento e que R$ 50 bilhões em dívidas possam ser renegociados.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: