X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

29% dos brasileiros vão precisar de empréstimo nos próximos 6 meses

| 11/02/2020 11:27 h | Atualizado em 11/02/2020, 11:45

O economista Laudeir Frauches.
O economista Laudeir Frauches. |  Foto: Antônio Moreira/Arquivo AT
Com o objetivo de deixar o nome no azul ou fazer uma grande compra, 29% dos brasileiros pretendem pedir algum tipo de empréstimo nos próximos seis meses.

Deste número, 59% vão usar o dinheiro para quitar outras dívidas. Os números são de uma pesquisa, feita pelo Serasa Consumidor.

Os objetivos para o dinheiro são variados: vão comprar um carro novo (28%), abrir o próprio negócio (26%), até comprar (16%) ou reformar (12%) a casa.

Apesar da pesquisa, o economista Laudeir Frauches afirma que os brasileiros estão mais prudentes para contratar linhas de financiamento para consumir neste ano.

“Estamos vendo que a população está aos poucos aprendendo a lidar com o dinheiro. Muitos perceberam que não dá mais para comprometer a saúde financeira da família para ostentar um padrão de vida que não condiz com sua renda, por isso estão colocando o pé no freio”, disse. Participaram da pesquisa 3 mil consumidores, de forma on-line.

FGTS vai virar garantia para pegar empréstimo

Até abril, os empregados brasileiros passarão a ter mais uma opção de empréstimo consignado. A nova modalidade de crédito poderá ser usada para quem aderir ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e vai utilizar o fundo como garantia.

Em troca, os juros serão menores, abaixo de 2% ao mês. Poderão solicitar o empréstimo os trabalhadores que aderirem ao saque-aniversário. Para os nascidos em janeiro o prazo já encerrou.
O empréstimo vai funcionar de maneira semelhante a uma antecipação do Imposto de Renda ou do 13º salário, que já são oferecidas pelos bancos.

Os empregados poderão antecipar os saques de FGTS previstos para dois anos – tempo de validade do saque-aniversário – ou por mais tempo, com juros maiores.

“Na prática funciona como uma antecipação do dinheiro. O profissional vai pedir para receber as parcelas do saque-aniversário de uma só vez, com juros menores, porque o risco é menor”, explicou Frauches.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS