search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Economia dá ânimo e Aliança planeja mutirão
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Economia dá ânimo e Aliança planeja mutirão

A postura um tanto blasé mantida em público pelo clã Bolsonaro e seus seguidores do Aliança em relação às eleições do ano que vem sofreu, em privado, uma inversão de sentido e já tem tons de euforia.

Os indicadores da economia e o viés de alta do governo nas pesquisas de avaliação estão orientando uma nova leitura do cenário: Jair Bolsonaro será grande cabo eleitoral das disputas municipais e precisa de um partido próprio. Com ou sem “boa vontade” do TSE nos processos digitais, os bolsonaristas se estruturam para colocar o Aliança em pé.

Analógico. Entidades ligadas a militares (incluindo policiais) em todo o País estão sendo procuradas para entrar na coleta de assinaturas à moda antiga. Deram sinal verde à demanda

Juntos. Também deverá haver apoio de grupos religiosos na coleta. A ideia é montar postos em praças e feiras. Se tudo sair conforme planejado, 1 milhão e meio de assinaturas serão entregues à Justiça Eleitoral no início de fevereiro.

Otimismo. Conforme mostrou a Coluna na semana passada, o governo acredita que Bolsonaro está em rota ascendente na opinião pública, embalado, principalmente, pela expectativa de melhora na economia.

Largada. PV, PSB, PDT e Rede se reúnem hoje para selecionar as cidades onde podem ter candidato único nas eleições do ano que vem. José Luiz Penna, presidente dos verdes, também quer que o grupo de centro-esquerda discuta a adoção do parlamentarismo.

CLICK. O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, discursa em homenagem ontem do Conselho Federal da OAB ao grupo jurídico Prerrogativas (Prerro).

Estica... Parte do grupo de senadores que defendem a aprovação do projeto de prisão após condenação em segunda instância avalia que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, esticou a corda até onde pode para tentar barrar o avanço da proposta na CCJ.

...e puxa. Sem apoio, Alcolumbre teve de marcar a sessão da Casa para hoje à tarde, e não de manhã, quando normalmente ocorrem as reuniões da CCJ.

Sem bate-boca. O combativo deputado Júnior Bozzella (PSL-SP) passou os últimos dias articulando via WhatsApp. Motivo: tirou os sisos, os dentes do juízo, na sexta-feira passada.

Dedo... Com a disputa pela liderança do PSDB na Câmara acirrada, os padrinhos de Beto Pereira (MS) manobraram para adiantar em uma semana a eleição: precisam do voto de Miguel Haddad (SP), que nos próximos dias deixa o mandato por ser suplente.

...no olho. O método pouco convencional dá o tom do nível de “competitividade” da disputa, que poderá deixar sequelas na bancada até o fim da legislatura.

Ops. A confraternização da bancada tucana, inicialmente prevista para ontem, teve de ser adiada.

Roleta. O vice-governador do Rio, Cláudio Castro (PSC), defendeu a liberação dos cassinos em debate sobre o Porto Maravilha, projeto urbanístico da capital fluminense. Segundo ele, sob regras rígidas, a medida será uma “injeção de recursos fantástica”.

Roleta II. O evento era patrocinado pela Caixa Econômica Federal, que tem interesse na área do Porto Maravilha. Thaís Peters, vice-presidente do banco, porém, deu o cano. O deputado Hugo Leal (PSD-RJ) criticou o descaso.

BOMBOU NAS REDES

Sobre postagem de Eduardo Bolsonaro acerca de Paraisópolis

"Uma tragédia envolvendo nove vidas. E o mais importante é polarizar o País. Repugnante”

Pedro Cunha Lima, deputado federal (PSDB-PB)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

General atua para manter União da direita

Soaram como tentativa desesperada de manter a direita unida as postagens de Augusto Heleno sobre a nova crise na relação Bolsonaro-Moro. Claro, um rompimento dos titãs do campo conservador tende …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pasta de Moro também vai monitorar esgotos

O Ministério da Justiça também quer monitorar o esgoto dos brasileiros para radiografar o consumo de drogas no País. Essa é a proposta do projeto Cloacina, da Secretaria Nacional de Políticas sobre …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto entrega a Maia lista com prioridades

O governo apresentou a Rodrigo Maia 15 propostas que tramitam na Casa e são tidas como prioritárias. Dentre elas, a mudança no marco regulatório das PPPs, o projeto do Senado de segurança das …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Entorno de Huck vibra com ataque de extremos

Cresce entre apoiadores de Luciano Huck a sensação de que ele está no caminho certo. O motivo? Começou a “apanhar” dos extremos. Em entrevista recente, Lula disse que Huck “não representa a centro-es…


Exclusivo
Coluna do Estadão

Líder do DEM é favorito para comandar CMO

De olho nas eleições municipais deste ano, a cúpula do Congresso tem se articulado para indicar o líder do DEM, Elmar Nascimento (BA), para o comando da Comissão Mista de Orçamento neste ano. A …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Maia terá ainda mais poder, preveem líderes

Se quiser fazer avançar seu governo, Jair Bolsonaro terá de conviver em harmonia com um Rodrigo Maia ainda mais poderoso neste ano, avaliam líderes do Congresso. É o preço a ser pago pelo Presidente …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Com ou sem Regina, guerra cultural seguirá

A demissão de Roberto Alvim e a péssima repercussão do malfadado vídeo com alusões ao nazismo foram um revés para a guerrilha bolsonarista, mas não deverão motivar um cavalo de pau no rumo da …


Exclusivo
Coluna do Estadão

MPF quer manter poder de delações premiadas

Associações de procuradores federais e membros da Procuradoria-Geral da República (PGR) estudam pontos do pacote anticrime sancionado por Jair Bolsonaro que podem ferir a atuação dos Ministérios …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Homicídios mantêm tendência de queda

Em mais um passo para transformar o combate à violência na principal bandeira da gestão Sergio Moro, o Ministério da Justiça passa a divulgar a partir de hoje os dados de homicídios dolosos de mais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ex-bolsonaristas de SP negociam formar chapa

Após ter se separado do clã Bolsonaro, o PSL está livre na pista e dá sinais de que fará a fila andar: em São Paulo, busca se aproximar do MBL. A convergência entre o partido e o movimento passa …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados