search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

É possível reduzir os gastos na quarentena?
AT em Família

É possível reduzir os gastos na quarentena?

Empresária, Camila Arantes fez vários ajustes nas finanças para enfrentar a quarentena. Para economizar, ela não liga o ar-condicionado e usa chuveiro a gás (Foto: Kadidja Fernandes/AT)
Empresária, Camila Arantes fez vários ajustes nas finanças para enfrentar a quarentena. Para economizar, ela não liga o ar-condicionado e usa chuveiro a gás (Foto: Kadidja Fernandes/AT)

A pandemia do novo coronavírus obrigou todo mundo a passar mais tempo em casa e, com isso, as contas de serviços essenciais como de água, energia e gás de cozinha dispararam.

O problema se agrava ainda mais quando os donos da casa estão trabalhando na modalidade home office. São mais aparelhos ligados, mais descargas no banheiro e mais refeições. Mas, com algumas medidas, é possível reduzir as contas em até 30%. Evitar o uso de ar-condicionado, tomar banhos mais rápidos e optar por refeições mais simples podem fazer uma grande diferença no final do mês.

De acordo com a economista e planejadora financeira Cecília Perini, delimitar o teto de consumo para água e luz é o primeiro passo.

“É uma despesa fixa que aumentou, pois estamos ficando em casa. Não tem como fugir, mas é possível reduzir o gasto definindo um valor máximo e acompanhar o consumo. Deixar para lá e apertar o cinto para pagar pode ser um tiro no pé. Manter o controle é mais saudável para as finanças”, disse.

Já o economista Mário Vasconcelos deu exemplos práticos para economizar nas contas do mês.

“Neste momento é melhor demorar menos no banho e, ao escovar os dentes, colocar a água de bochecho num copo. Também é bom escolher o cômodo mais arejado e iluminado da casa para trabalhar, assim a pessoa evita acender luzes e ligar ventilador ou ar-condicionado”, orientou.

A empresária Camila Loffredo Arantes, de 39 anos, fez vários ajustes nas finanças para enfrentar a quarentena. Ela deixou o escritório fechado e foi trabalhar de casa.

“Renegociei o aluguel do meu escritório com o proprietário e consegui reduzir o valor em 50% nesse período, para depois acertar. Também passei a trabalhar de casa, assim a conta de energia do escritório caiu de R$ 200 para R$ 30. Em casa, não ligo o ar-condicionado e os meus chuveiros são a gás, o que reflete diretamente na conta”, comentou.

Camila contou ainda que se reinventou até mesmo para ganhar dinheiro nesta quarentena. “Meu negócio é agência de viagens, mas passei a entregar 'feira em casa' com minhas irmãs para aumentar a renda”.

O que eles dizem

Cecília Perini, economista (Foto: Dani Longui)
Cecília Perini, economista (Foto: Dani Longui)
É possível reduzir o gasto definindo um valor máximo e acompanhar o consumo. Deixar para lá e apertar o cinto para pagar pode ser um tiro no pé”

 Mário Vasconelos, economista (Foto: Kadidja Fernandes/AT)
Mário Vasconelos, economista (Foto: Kadidja Fernandes/AT)
Neste momento, é bom escolher o cômodo mais arejado e iluminado da casa para trabalhar, assim a pessoa evita acender luzes e ligar o ar-condicionado”


O desafio da economia...


Você é capaz de:

Para economizar água
[  ] Tomar banhos mais rápidos no dia a dia?
[  ] Fechar o registro do chuveiro para se ensaboar e depois enxaguar?
[  ] Escovar os dentes com a torneira fechada, e só abrir para enxaguar boca e escova?
[  ] Na hora de se barbear, abrir a torneira somente após a finalização?
[  ] Não usar o vaso sanitário como lixeira?
[  ] Limpar o máximo de sujeira dos pratos e panelas antes de lavá-los na pia?
[  ] Molhar as plantas com regador ou mangueira com controle de fluxo?
[  ] Fazer a rega bem cedo ou à noite para evitar a evaporação?
[  ] Lavar o carro com balde, em vez de mangueira?
[  ] Reduzir ciclo de enxágue em máquina de lavar para roupas menos sujas?

Para economizar energia
[  ] No home office optar por ambientes claros e arejados para não acender lâmpadas nem usar ar-condicionado?
[  ] Convocar a família para assistir à mesma tevê e desligar as demais, se for o caso?
[  ] Dormir com a janela aberta para manter o quarto fresco, sem a necessidade de usar ventilador e/ou ar-condicionado?
[  ] acumular roupa até a capacidade máxima da máquina para lavar de uma vez?
[  ] Desligar da tomada aparelhos como micro-ondas, televisão e fogão quando não estiverem sendo usados?
[  ] optar por lâmpadas fluorescentes ou de LED, que gastam de 60% a 80% menos que lâmpadas incandescentes?
[  ] evitar abrir a geladeira?
[  ] Reduzir ao máximo o uso de chuveiro elétrico ou o tempo do banho?
[  ] Sempre apagar a luz quando deixar um ambiente, ainda que por pouco tempo?
[  ] evitar deixar celular e notebook carregando sem necessidade?

Para economizar gás
[  ] cozinhar com panelas tampadas para o alimento ficar pronto mais rápido?
[  ] evitar panelas pequenas em bocais grandes, e vice-versa, pois favorece o desperdício?
[  ] Evitar que a água ferva por mais tempo que o necessário?
[  ] Assar mais de um alimento por vez?
[  ] Optar por refeições mais rápidas?

(*) Se você conseguir mudar hábitos, parabéns! Especialistas estimam que, adotando medidas simples, pode-se chegar a uma redução de até 30% nos gastos mensais.
Fonte: Pesquisa AT.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados