search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Do epicentro das crises ao coração do governo
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Do epicentro das crises ao coração do governo

Ao colocar o presidente do PP, Ciro Nogueira (PI), na Casa Civil, Jair Bolsonaro incrusta no coração de seu governo o partido que esteve no epicentro do “mensalão” (via José Janene) e do “petrolão” (via Paulo Roberto Costa).

O gesto, incompatível com quem ainda tenta manter discurso anticorrupção, foi lido, para além da proteção natural contra o impeachment, como carta de intenção do presidente da República em relação à sigla, afinal, ele ainda permanece sem partido. Mas, ora vejam só, dirigentes do PP não veem a filiação como “automática”.

Calma aí. Há certa resistência a Bolsonaro em algumas alas do PP, apesar de Nogueira, por óbvio, ser favorável à hipótese.

Os pais. Os articuladores dessa troca, que surpreendeu até o amigo do Presidente, Luiz Eduardo Ramos, como mostrou Eliane Cantanhêde, foram Fábio Faria e Onyx Lorenzoni.

Será mesmo? Quem topa a filiação de Bolsonaro argumenta que ele pode garantir uma bancada expressiva ao PP na Câmara em 2022.

Teste. Da parte de Bolsonaro, aliados dizem que ainda é preciso ver como o PP “performará” no governo.

Já Elvis? Membros do PL e do Republicanos, outras duas legendas aliadas citadas como possibilidades para Bolsonaro, dão como certa a ida dele para o PP.

Deixa rolar. Mas Flávio Bolsonaro (RJ) tem dito que vai esperar o fim definitivo da novela no Patriota para deixar esse partido. A interlocutores, tem dito: me desfiliar agora pra quê?

Dieta... Logo após sua internação hospitalar, Bolsonaro circulou no quarto andar do Planalto na segunda-feira, pela manhã.

...forçada. Um funcionário comentou que o Presidente estava bem disposto e parecia mais magro. Sorridente, mas com seu “senso de humor” um tanto peculiar, Bolsonaro disse: “O que você queria? Foram cinco dias sem comer!”.

Razões... Em voto no TCU, o ministro Jorge Oliveira, um ex-palaciano muito amigo da família de Jair Bolsonaro, decidiu penalizar um município que adotou o “kit covid” no combate à pandemia da Covid-19.

...erradas... O motivo da decisão de Oliveira, contudo, não foi a flagrante falta de comprovação científica da panaceia, mas um suposto superfaturamento de quase R$ 400 mil na compra dos remédios pela prefeitura de Caxias (MA).

...e certas. O município consultou apenas quatro empresas para a compra, ignorando o Planejamento e a CGU, que têm estimativas de preços. Por unanimidade, foi aberta tomada de contas especial, processo para apurar responsáveis e definir ressarcimento.

Diálogo. O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o relator da reforma do IR na Câmara dos Deputados, Celso Sabino (PSDB-PA), debaterão hoje os impactos econômicos do projeto que pretende mudar a cobrança de impostos.

Diálogo 2. O debate, denominado Impactos Econômicos da Reforma Tributária, promovida pela Esfera, Febraban e pela Confederação Nacional da Indústria, será transmitido pelo canal de Youtube da CNI e contará com nomes de peso do PIB.

CLICK. Válter Suman, prefeito do Guarujá (SP), trocou o PSB pelo PSDB do secretário estadual Marco Vinholi e do vice-governador Rodrigo Garcia.

Pronto, falei!

"A queda de 93% nas punições por crimes ambientais escancara o caráter ‘ecocida’ do governo Bolsonaro. É urgente investigar o desmonte do Ibama”.

José Luiz Penna, presidente nacional do PV

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pesquisas: Lula pode ter batido no “teto”

Batidas no liquidificador, as mais recentes rodadas de pesquisas eleitorais produzem um suco amargo para Jair Bolsonaro e azedo para a "terceira via", mas não necessariamente aveludado para Lula. O …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Evangélicos querem governo pró-Mendonça

Líderes evangélicos estão perdendo a paciência: diante da ausência de resultados na pressão sobre Davi Alcolumbre (DEM-AP) para que a CCJ do Senado marque logo a sabatina de André Mendonça, eles …


Exclusivo
Coluna do Estadão

PT fica fora hoje, mas articula em nova frente

Líderes da sociedade civil articulam manifestação que seja capaz de unir PT e partidos do centro e da direita no mesmo metro quadrado de ruas do País. A ideia é promover uma organização horizontal e …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Fogo amigo” alveja Tarcísio em primeira crise

Tarcísio Freitas viveu ao longo desta semana seu momento mais tenso no governo. Até então queridinho de bolsonaristas e apontado como pragmático na entrega de resultados até por quem não simpatiza …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Nem-nem” dá lugar a “fora Bolsonaro” na rua

Organizadores do protesto do próximo domingo, como MBL, Vem Pra Rua e Livres, recuaram ontem da ideia de convocar manifestantes apelando para o mote “nem Bolsonaro, nem Lula”. O foco passou a ser um …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Justiça é o primeiro alvo de autocratas pelo poder”

A insistência bolsonarista no discurso de que o Brasil vive sob uma “ditadura do STF” faz o cientista político americano Steven Levitsky, coautor do celebrado best seller “Como as Democracias Morrem” …


Exclusivo
Coluna do Estadão

União de governadores mira também a educação

As idas recentes de governadores a Brasília têm objetivo concreto, para além da sinalização de união política diante da crise federativa com a presidência da República e de defesa da democracia. …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Radicalização na base leva partidos à reação

O flerte de filiados com pautas associadas ao bolsonarismo tem feito partidos que não são de extrema direita iniciarem reação contra algumas lideranças regionais, sob temor de uma radicalização. O …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Atos reunificam mundo jurídico após Lava a Jato

Dividido desde a fase mais aguda da Lava a Jato, o mundo jurídico está alinhado em estado de alerta com a proximidade dos atos de 7 de setembro, que ganharam ares de golpismo por parte de apoiadores …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Estados vão a Pacheco por redução de tarifas

Governadores querem buscar, via reforma tributária, uma alternativa para evitar as altas dos preços de combustíveis, gás de cozinha e energia elétrica. Tema que tem sido motivo de embates entre Jair …