search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Disputa para Prefeitura de Cariacica terá chapa 100% transgênero

Notícias

Publicidade | Anuncie

Política

Disputa para Prefeitura de Cariacica terá chapa 100% transgênero


A empresária do ramo de beleza e mulher transgênero Bianca Biancardi, 52 anos, confirmou sua pré-candidatura à Prefeitura de Cariacica pelo Partido da Mulher Brasileira (PMB).

Em convenção realizada em sua residência, na noite de segunda-feira, Bia do Salão, como é mais conhecida, apresentou a sua vice, a também trans Josimar Milagre do Nascimento, a Josi, 60 anos, que é cabeleireira e do mesmo partido.

“A escolhi para ser minha vice porque ela pensa exatamente como eu. Ela também é uma trans que é de direita, assim como milhares de gays que também são.”

Ela conta que, inicialmente, sua vice não seria uma mulher trans, mas decidiu após conversa com o comando da sigla.

“Eu não queria usar isso na campanha, mas já que foi dada tanta ênfase de eu ser uma transgênero, achei legal colocar uma mulher trans junto comigo para deixar muito claro que não existe discriminação.”

Bianca e Josi afirmam que são de direita, conservadoras e se identificam com o presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/ Redes sociais)
Bianca e Josi afirmam que são de direita, conservadoras e se identificam com o presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Em julho, em entrevista para A Tribuna, Bia afirmou ser conservadora e que se identificava com o presidente da República Jair Bolsonaro, que já se envolveu em inúmeras polêmicas com a comunidade LGBTQIA+ (sigla para lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, transexuais e travestis, queer, intersexo, assexuais e outras possibilidades de orientação sexual e identidade de gênero).

“Fui acusada de ser bolsonarista, de ser homofóbica, então estou com essa chapa minha provando que isso não existe em minha campanha. Pelo contrário, temos grandes projetos para os trans em Cariacica. Teremos ainda um gay e uma lésbica como candidatos a vereador”, disse.

Além de se atentar para este público, a candidata a prefeita diz que sua chapa pretende aumentar a abordagem aos moradores de rua e acolhimento de idosos.

Entre suas propostas, a dupla também quer diminuir o inchaço da administração municipal.

“Nosso projeto é reduzir em quatro anos o número de servidores comissionados, com demissões incentivadas, melhorando o salário dos demais servidores e qualificando-os para uma nova mentalidade no serviço público. Será a primeira prefeitura profissionalizada do País, com o foco em resultados, transparência e fim de privilégios”, afirmou Bia.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados