search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Dilema tricolor...
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Dilema tricolor...

Será Marcão o técnico que planejará e conduzirá o time do Fluminense na próxima temporada? Com sinceridade, não creio.

E se a intuição me conduz na direção da estratégia dos tricolores, há uma pergunta, em tom de cobrança, a ser feita ao presidente Mário Bittencourt: o que tanto ele espera para contratar um novo treinador para o lugar de Odair Hellmann? Que o time role ladeira abaixo e se posicione abaixo do décimo lugar, como era esperado, antes da bola rolar na Série A do Brasileiro.

Fla-Flu

A vitória no Fla-Flu fez bem ao ego dos tricolores, mas escondeu uma realidade escancarada nos 5 a 0 impostos pelo Corinthians, na última quarta-feira, em Itaquera: o técnico que deixou o clube para dirigir o Al-Wasl, da Arábia Saudita, era a alma do time.

Sem ele nos últimos cinco jogos, o Fluminense ganhou quatro dos 15 pontos que disputou. E os três da vitória sobre o Flamengo não vieram da aplicação do mecanismo de jogo, mas dá rivalidade de um clássico histórico.

Goleada

A goleada em São Paulo não foi uma derrota qualquer: foi um inédito 5 a 0 na história entre Fluminense e Corinthians, algo que merece ser bem estudado. Até então o maior placar no confronto era os 5 a 1 do tricolor pelo Rio-São Paulo de 1959.

E os grandes clubes, aqueles que carregam o orgulho comum entre os maiores, não pode achar que 5 a 0 é um placar qualquer. É daqueles que exigem da diretoria do clube providências estratégicas, algo que tenha empatia com o sentimento de inconformismo do torcedor.

Culpa

E aqui não estou a dizer que a culpa é de Marcão, que ainda não pôde estar à beira do campo porque se trata dos efeitos da Covid, ou de Aílton, o auxiliar que foi festejado pela atuação do time no clássico. Mas do todo.

Os jogadores se entregaram de tal forma após o gol de Cazares, o segundo do time paulista, que ficou nítida a falta de uma escora à beira do campo. Isso sem falar na insistência de ter Nenê e Fred juntos por 23 minutos. Não à toa, o time sofreu três gols (aos 9, 15 e 21 minutos) enquanto os três alinharam nas linhas ofensivas.

Dilema

Aliás, este um outro dilema tricolor: o que fazer ou como aproveitar os dois veteranos que não conseguem mais desafiar a linha do tempo. Aos 40 e aos 37 anos, Nenê e Fred não podem mais ser utilizados como pontos estratégicos contra times competitivos como o Corinthians, de Vágner Mancini. E duvido que Odair faria isso, o que desmonta a tese de que a dupla Marcão/Aílton é a continuidade do trabalho do técnico que saiu. O Fluminense precisa aceitar que 2021 já começou...

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas Impressões...

A temporada de 2020 ainda não terminou para Grêmio e Palmeiras que ontem fizeram a primeira das duas partidas que apontarão o campeão da Copa do Brasil. Mas a temporada 2021 já começou em vários …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O comando...

Rogério Ceni ficará no Flamengo para mais uma temporada de vitórias. E não sei porque ainda levantam suspeitas sobre seu futuro no clube. Afinal, antes mesmo da conquista do bicampeonato …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Octa danado

A conquista do oitavo título Brasileiro do Flamengo não deve ser analisada de forma isolada, com base no desempenho do time na derrota de 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi. Tampouco com o rali …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Fica a dica

Levou pouco mais de 20 anos para a CBF, criada em 1980, assumir, em definitivo, que o futebol brasileiro devesse ter um campeonato nacional por pontos corridos, reunindo apenas 20 clubes e procurando …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões...

É plenamente compreensível a euforia dos torcedores do Flamengo com a vitória que coloca o time na liderança da Série A do Brasileiro a uma rodada do término. O oitavo título depende de uma …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

DNA de vencedor...

O saldo do Flamengo é dos mais positivos – à altura do elenco montado com o investimento inicial superior a R$ 200 milhões. E essa balança favorável entre expectativa e realidade é o que faz do time …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Sem saída...

Dissidências políticas, conluios para o esvaziamento da diretoria administrativa, discussão sobre o processo eleitoral, torcedores se enfrentando nas redes sociais na defesa dos cartolas de estimação…


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Aspirante tricolor...

A campanha do Fluminense no Brasileirão, disputando com São Paulo e Atlético/MG uma vaga no G-4, consolida a filosofia do seu departamento de futebol, que sofreu com os impactos financeiros trazidos …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões...

Faz tempo que alerto aqui para a necessidade de a CBF “ajustar” os parâmetros no relacionamento entre árbitros e clubes para, no mínimo, mitigar os possíveis problemas (perfeitamente compreensíveis) …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Concentração e reza forte...

O Flamengo foi o único dos 20 clubes da Série A que somou dez pontos nas últimas quatro rodadas do Brasileiro. E essa arrancada iniciada com a maratona de jogos fora do Rio de Janeiro indica que …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados