search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Dia Internacional da Tireoide
Nutridicas
Gabriela Rebello

Gabriela Rebello


Dia Internacional da Tireoide

 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Hoje comemoramos o dia Dia Internacional da Tireoide, e vamos aproveitar então para conversarmos sobre como a alimentação pode nos ajudar a manter a saúde desta importante glândula, afinal em algum momento você já deve ter ouvido falar por exemplo em hipertireoidismo ou hipotireoidismo, não é mesmo?

E chamo a sua atenção, se você sabe de uma prima ou de um parente próximo com alterações na tireoide comece a pensar com mais carinho na sua pois isso é hereditário, mas não tem que ser uma maldição ok? (risos)

Alguns sinais de que sua tireoide pode não estar indo bem:

  • Falta de energia, disposição associada a sonolência;

  • Queda de cabelo;

  • Pele ressecada;

  • Dificuldade em manter o peso ideal;

  • Dificuldade de concentração e esquecimento;

  • Alteração de humor;

  • Palpitação e alteração na pressão sanguínea;

  • Alteração no funcionamento do intestino.

Já adianto que uma saída fácil para prevenirmos problemas com a nossa tireoide é capricharmos na alimentação associado a um estilo de vida saudável que inclui a redução do consumo do álcool e do fumo, noites de sono bem dormidas, controle do estresse e a prática de atividade física regular.

Com foco na alimentação, nada de dietas restritivas. A deficiência de vitaminas e minerais podem influenciar negativamente no funcionamento da glândula tireoidiana. Não deixe faltar: zinco (cacau, gema de ovo, oleaginosas, linhaça), selênio (oleaginosas, frutos do mar) e iodo (sal de cozinha).

Evite: soja, glúten e alguns flavonoides (feijões, milho, pinhão e canola). As brássicas, brócolis, couve-flor, couve-de-bruxelas, couve-manteiga, nabo, rabanete, repolho, além de alho e cebola a recomendação é de não consumir esses alimentos na sua versão crua.

Para um cardápio variado e com os nutrientes balanceados para a manutenção da saúde da sua tireoide, procure um profissional Nutricionista.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados