search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Dez mil já estão na disputa por 600 vagas de nova companhia aérea

Notícias

Publicidade | Anuncie

Economia

Dez mil já estão na disputa por 600 vagas de nova companhia aérea


Projeção de avião da Ita: empresa abriu seleção e diz que até o fim do ano receberá três Airbus A320 (Foto: Reprodução/UOL)
Projeção de avião da Ita: empresa abriu seleção e diz que até o fim do ano receberá três Airbus A320 (Foto: Reprodução/UOL)

O Grupo Itapemirim começou a receber currículos na última semana para criar a Ita Transportes Aéreos, nova companhia de aviação. Até o momento, eles já receberam mais de 10 mil currículos e inscrições para preencher 600 vagas de comandantes, pilotos, comissários, gerentes de aeroporto, técnicos de manutenção e coordenadores.

O objetivo é que a Ita comece a operar em março de 2021. Até o fim do ano a empresa afirma que receberá três aviões Airbus A320 de um total de 10 previstos para a primeira fase. As informações foram retiradas do site da Exame.

Para Sidnei Piva, presidente executivo do Grupo Itapemirim, as primeiras contratações serão importantes para criar um atendimento acolhedor e com boa experiência ao usuário.

A expectativa é de que a empresa alcance mais de 15 mil candidatos nesse processo. As inscrições para as vagas estão sendo feitas exclusivamente pelo site da aérea e o processo será dividido em duas partes. Haverá avaliação de capacitação e análise dos currículos.

Recuperação judicial

O Grupo Itapemirim está em recuperação judicial, e o setor de aviação vive um momento de dificuldades por conta da pandemia do novo coronavírus. Ainda assim, Piva nega que esses sejam fatores que possam prejudicar os planos.

Conforme informações da Agência Estado, publicadas na última semana, a empresa conversa com dois fundos em busca de um acordo para buscar se capitalizar. Por ora, o financiamento é próprio.

“É preciso deixar claro que a companhia aérea será outra empresa, que não está ligada ao processo de recuperação. Sobre a viação, nós nem chamamos mais de recuperação. Chamo de plano de reestruturação. A RJ (Recuperação Judicial) está 100% em dia. E temos o endividamento muito baixo. A empresa está saindo da pandemia bem mais forte do que entrou”, disse ele, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

Ele afirmou ainda que o grupo vai participar de todas as concessões de aeroportos do País: “Estamos aguardando os editais. Nosso projeto é criar o maior programa de mobilidade de pessoas do Brasil. Vai do metrô ao avião. É um programa gigantesco. A companhia aérea já nasce com a estrutura das maiores do mundo.”


As vagas


Cargos divididos em 3 categorias

  • Operações de voo: comandantes, copilotos, comissários e despachante operacional de voo (DOV).

  • Aeroportos: gerente de aeroporto, supervisor de aeroporto e agente de aeroporto.

  • Manutenção de aeronaves: técnico de manutenção junior, técnico de manutenção pleno, técnico de manutenção sênior, inspetor de manutenção, técnico de planejamento, técnico de trouble shooting MCC, supervisor de trouble shooting MCC, coordenador de trouble shooting (MCC).

  • Para comandante, copiloto e comissários, será necessário passar por uma primeira etapa com provas teóricas, análise de currículo e análise de títulos. Depois, entrevista e teste de substâncias psicoativas.

  • Inscrições somente pelo site: voeita.com.br/index.php/trabalhe/.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados