search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Detran suspende carteira de nove mil motoristas no Estado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Trânsito

Detran suspende carteira de nove mil motoristas no Estado


Avanço de sinal na Fernando Ferrari: após notificação de suspensão da carteira, motorista tem direito a 3 recursos (Foto: Fábio Nunes/AT)
Avanço de sinal na Fernando Ferrari: após notificação de suspensão da carteira, motorista tem direito a 3 recursos (Foto: Fábio Nunes/AT)

Mais de nove mil motoristas do Espírito Santo tiveram a carteira de habilitação suspensa este ano pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES).

São condutores que acumularam 20 pontos por conta de multas no período de 12 meses ou cometeram infrações gravíssimas que suspendem o documento de forma automática. A suspensão varia entre seis meses e dois anos, dependendo da gravidade das infrações ou da reincidência.

Quem for flagrado dirigindo com a habilitação suspensa terá o documento cassado, o que retira totalmente o direito de dirigir por mais dois anos e obriga o motorista a abrir um novo processo na autoescola.

“O processo de suspensão é iniciado automaticamente toda vez que o infrator atinge os 20 pontos, dentro desse período de 12 meses, e não há mais recursos para as infrações cometidas. O mesmo acontece quando o motorista comete uma infração que já prevê a suspensão como penalidade”, explicou o gerente de Fiscalização, Infrações e Penalidades do Detran-ES, Marcelo Rangel.

Entre as infrações que suspendem a carteira de forma direta estão a reprovação no teste do bafômetro, ultrapassar o limite de velocidade em 50% e andar de moto sem capacete.

Entre janeiro e agosto deste ano, 3.311 condutores tiveram o documento suspenso por conta de um desses tipos de infração. Os outros 5.836 atingiram os 20 pontos.

O Detran-ES leva, em média, um ano e meio para iniciar o processo. Ou seja, parte dos que tiveram o documento suspenso este ano atingiu a pontuação limite em 2018. “A partir do momento em que o processo inicia, o cidadão é notificado, mas ainda pode recorrer”, ressaltou Marcelo Rangel.

Ao todo, o motorista tem direito a recorrer em três instâncias após ser notificado. Caso todos os recursos sejam negados, o tempo de suspensão começa a contar. Antes de finalizar o prazo, o condutor ainda precisa passar por um curso de reciclagem.

Este ano, 400 motoristas que estavam com a carteira de habilitação suspensa foram flagrados dirigindo pelas ruas do Estado. Com isso, todos tiveram o documento cassado pelo órgão de trânsito. Eles só poderão voltar a dirigir em 2022, desde que passem novamente pela autoescola e sejam aprovados no teste.


Suspensão por 6 meses a 2 anos


Infrações

  • O processo de suspensão da carteira de habilitação é previsto pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Ele é imposto a motoristas infratores em duas situações:
  • Ao atingir 20 pontos no período de 12 meses.
  • Ao cometer uma infração gravíssima com previsão de suspensão direta, como reprovação no teste do bafômetro, ultrapassar o limite de velocidade em 50% e andar de moto sem capacete.

Recurso

  • Após ser notificado da suspensão, o motorista ainda tem direito a três recursos: defesa prévia, primeira instância e ao Conselho Estadual de Trânsito (Cetran-ES).
  • Tendo o pedido indeferido, o condutor é notificado mais uma vez, e a suspensão começa a contar.

Tempo

  • A suspensão varia entre seis meses e dois anos, dependendo da gravidade das infrações ou da reincidência.
  • Quem for flagrado dirigindo com a sua habilitação suspensa terá o documento cassado, perdendo totalmente o direito de dirigir por mais dois anos, sendo obrigado a fazer autoescola novamente após esse período.

Fonte: Detran-ES.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados