search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Delegado Pazolini: “Vou zerar a fila de consultas e exames”

Notícias

Publicidade | Anuncie

Eleições 2020

Delegado Pazolini: “Vou zerar a fila de consultas e exames”


Delegado Pazolini é candidato a prefeito de Vitória pelo Republicanos (Foto: Ellen Campanharo/Ales)
Delegado Pazolini é candidato a prefeito de Vitória pelo Republicanos (Foto: Ellen Campanharo/Ales)
Candidato a prefeito de Vitória, o delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos) disputa uma vaga para o executivo pela primeira vez e apresenta na série de entrevistas do Tribuna Online algumas de suas propostas.

Em sua primeira eleição, sagrou-se vencedor para uma vaga na Assembleia Legislativa, onde ainda atua como deputado estadual. Sua vice é Capitã Estéfane. A coligação “Vitória unida é Vitória de todos” também é formada por Democratas, PTC e Solidariedade.

A Tribuna - Qual é a proposta prioritária de seu plano de governo?

Delegado Pazolini - Transformar Vitória na cidade da paz e da igualdade. Trazer de volta o protagonismo que foi perdido em razão de últimas administrações ideológicas e com o objetivo de perpetuação de poder. Para isso iremos fazer de Vitória uma cidade moderna, inteligente e eficiente, gerida pelo critério da meritocracia, da capacidade técnica e por pessoas com conduta ilibada.

Implantar uma gestão focada em resultados e garantir a lei municipal de combate à corrupção (Compliance); acabar com apadrinhamento político na ocupação de cargos gerenciais, reduzindo cargos comissionados e secretarias; reduzir os gastos públicos com o fim dos privilégios e realizar uma auditoria nos contratos da prefeitura, além de uma revisão nos contratos de serviços não essenciais.

Tornar os serviços da prefeitura 100% online e firmar parcerias que possibilitem tornar Vitória uma cidade reconhecida nacionalmente como inovadora e empreendedora, atraindo novos negócios sustentáveis e turismo.

Quais suas propostas para a segurança pública no município?

Promover uma cultura de paz, amor e solidariedade, tratando o problema da violência com austeridade e tolerância “zero” para qualquer tipo de crime.

A gestão da segurança será tratada no gabinete do prefeito. Vamos treinar e equipar a Guarda Municipal para o enfrentamento de crimes contra a vida, o patrimônio e combate ao tráfico de drogas, garantindo 100% do porte de arma e colocando a Guarda para trabalhar efetivamente nas ações de segurança e não na parte administrativa.

Disponibilizar o botão do pânico para comerciantes, reduzindo o tempo de resposta para as ocorrências; dobrar o número de câmeras de videomonitoramento e integrá-las ao sistema operacional da Polícia Militar, reduzir pela metade os crimes contra a vida e o patrimônio.

Realizar abordagem à população em situação de rua, com a criação do Programa Reintegra. Vamos separar eventuais criminosos. Iremos resgatar a dignidade das pessoas em situação de rua da seguinte forma: com cadastro e mutirão de registro de documentos; acompanhamento psicológico para apoio e triagem; se for usuários de drogas, encaminhamento para clínicas de recuperação ou se não for inclusão nos programas de apoio - Aluguel social e Programa municipal de transferência de renda com prazo de seis meses; qualificar essas pessoas para reintegração à sociedade; feirões de emprego em parceria com o Sine e incentivo para empresas que fizeram em contratação.

Investir fortemente na educação e aumentar gradativamente as escolas de tempo integral, levando a mesma qualidade de ensino a toda rede municipal e oferecendo atividades extracurriculares, tornando nossas escolas capazes de preparar o indivíduo para todos os demais ciclos da vida, estimulando a permanência na rede e despertando assim o senso criativo e a vocação para que os jovens possam ser protagonistas da sua história.

Quais são os objetivos para os primeiros 100 dias de administração?

Daremos um choque de gestão e de ordem na cidade. Realizaremos o planejamento estratégico das ações que implementaremos nos próximos quatro anos. Realizaremos uma auditoria externa em todos os contratos da Prefeitura.

Montaremos uma equipe técnica para gerenciar a cidade, com base na meritocracia e comprovada capacidade técnica. Cortaremos privilégios e indicações políticas para cargos. Daremos início às ações administrativas e técnicas para retornar às ruas o efetivo da Guarda Municipal que atualmente cumpre atividades administrativas.

No campo da saúde, quais são suas propostas?

Oferecer atendimento humanizado, com qualidade e respeito aos cidadãos de todas as regiões do município.
Zerar a fila de espera por consulta e exames especializados, por meio de um mutirão, com a compra de procedimentos iniciativa privada caso necessário; instalar totens nas unidades de saúde para auxiliar as pessoas que não têm acesso a celular e internet para o agendamento de consultas e exames construir um centro de referência para Mulher (Casa Rosa), destinado a cuidar da saúde da mulher.

Também vamos construir um novo PA na região da Grande Maruípe, uma nova US no Bairro Grande Vitória e ampliar o PA de São Pedro e a US de Jardim Camburi; ampliar o horário de funcionamento das US para até as 22 horas e finais de semanas; estender as equipes de Estratégia de Saúde da Família, fortalecer a atenção básica e consolidar um modelo focada na atenção integral.

De que maneira pretende interagir diretamente com as comunidades e associações de bairros?

Não serei um prefeito de gabinete. Continuarei andando pelas comunidades ouvindo e debatendo com a população. Daremos um papel de protagonismo para nossa ouvidoria, que irá se reportar diretamente a mim e ao meu secretariado. Nos momentos mais difíceis a população encontrará o prefeito Pazolini na rua e não escondido atrás de uma mesa procurando um responsável. Por onde passei enfrentei os problemas e resolvi.
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados