search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Decisão sobre reabertura de academias sai neste sábado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Decisão sobre reabertura de academias sai neste sábado


Decisão será anunciada no sábado (Foto: Freepik)
Decisão será anunciada no sábado (Foto: Freepik)

A decisão sobre a reabertura das academias de ginástica no Estado ficou para este sábado (23). O anúncio deve ser feito pelo governador Renato Casagrande em transmissão pela internet. 

O decreto estadual para o fechamento desses estabelecimentos perde a validade neste sábado. Durante a semana, o governador informou que a decisão deveria ser tomada até sexta com a equipe de governo e com representantes do setor, mas no pronunciamento de hoje o tema não foi abordado. 

Em reunião na quinta-feira (21), com representantes das academias, o governo propôs a abetura dos locais com a permanência de até cinco alunos por vez. Além disso, o período para a aula seria de 1 hora e por agendamento (não podendo ser atividade aeróbica).

Além disso, nas cidades com alto risco para contaminação pelo vírus o espaçamento entre um aluno e outro deve ser de, no mínimo, quatro meses. Nos municípios de baixo e moderado risco essa distância deve ser de 2,5 a 4 metros.

O consultor da Associação das Academias de Ginástica do Espírito Santo (Acages), Armando Fontoura, frisou que para os estabelecimentos a proposta é inviável economicamente por conta dos gastos fixos com aluguel, energia, equipamentos e folha salarial. 

"Foram feitos investimentos nas academias como compra de dispensers, papeleiras, mudança de equipamentos, álcool em gel e máscara. Estimamos que perderando essa medida do governo cerca de 50% das academias vão falir. Se essa proposta absurda vigorar, vamos ter perdas financeiras e mais de 4 mil demissões no setor", afirmou ele.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados