search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Decisão sobre reabertura de academias é aguardada para hoje

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Decisão sobre reabertura de academias é aguardada para hoje


Academia: empresários estão pessimistas com regras e preveem que 50% dos locais serão fechados no Estado (Foto: Arquivo / AT)
Academia: empresários estão pessimistas com regras e preveem que 50% dos locais serão fechados no Estado (Foto: Arquivo / AT)

Fechadas desde março, o governo do Estado propôs nesta quinta-feira (21) a reabertura das academias limitadas a cinco alunos por hora e por agendamento para cada estabelecimento e sem atividades aeróbicas nos municípios de risco moderado e alto para o novo coronavírus (Covid-19). Uma reunião, nesta sexta-feira, pode definir os parâmetros de uma possível reabertura das academias.

Existem outras regras a serem cumpridas, a exemplo de manter uma distância de no mínimo quatro metros quadrados entre as pessoas. As atividades devem ser restritas a treinos de baixo impacto, ou seja, não são permitidas esteiras, bicicletas, entre outras.

Pela nova classificação de risco, que norteia as ações em período de pandemia, as cidades que oferecem risco moderado e alto são: Grande Vitória, incluindo Fundão, Santa Teresa, Presidente Kennedy, Marataízes, Alfredo Chaves e Afonso Cláudio.

Já nos municípios de risco baixo as regras são: espaçamento mínimo de 2,5 a 4 metros, sendo que a limitação de pessoas irá variar de acordo com o espaço do estabelecimento.

Um novo mapa de risco será apresentado hoje para o governador Renato Casagrande e poderá sofrer adequações, segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alexandre Cerqueira.

Com base nesses dados, essa possibilidade poderá ser anunciada hoje ou amanhã pelo governador, que fará um pronunciamento sobre as novas regras que passarão a valer a partir da próxima segunda-feira.

Inviável

A proposta foi apresentada na tarde de ontem a representantes do setor. A Associação de Academias do Espírito Santo (Acages) destacou, por meio de nota, que os empresários do setor de academias de ginástica fizeram todas as adequações propostas pelo governo do Estado, mas, diante das novas regras impostas, como a abertura do espaço para somente cinco pessoas por horário, a abertura fica inviável.

Sendo assim, as que fazem parte da Acages não irão abrir, ou seja, 1.369 entre academias e estúdios de ginástica no Estado.

Disse ainda que, com base na reunião anterior (11 de maio), os proprietários realizaram investimentos altos para viabilizar a reabertura nos próximos dias. Isso, somado com a falta de acesso às linhas de crédito, aumenta a instabilidade e as incertezas do segmento. A previsão é de que 50% das academias sejam fechadas.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados