search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cultura do Estado pode receber 80 milhões durante a pandemia
Tribuna Livre

Cultura do Estado pode receber 80 milhões durante a pandemia

Trabalhadores da cultura tiveram uma importante vitória com a aprovação da Lei de Emergência Cultural na Câmara Federal, que prevê a liberação de R$ 3 bilhões, provenientes do Fundo Nacional de Cultura e de outros programas federais, para o setor cultural de forma descentralizada. Desse total, cerca de R$ 80 milhões podem ser investidos no Espírito Santo.

Trata-se de uma vitória parcial, pois o processo segue agora para o Senado. Por isso, continuam sendo necessárias as mobilizações pela aprovação do projeto, cuja elaboração também foi fruto da reivindicação de gestores culturais e trabalhadores da cultura.

No Estado foi realizada uma webconferência que reuniu trabalhadores da cultura, fóruns, conselheiros estaduais e municipais de Cultura e agentes culturais, que debateram sobre o assunto com representantes do projeto de lei e integrantes da bancada capixaba na Câmara.

Amparar artistas em meio à pandemia é reconhecer a Cultura também como uma área de geração de emprego e renda, com pessoas que precisam de suas cadeias produtivas para sobreviver. É admitir que a Cultura é essencial a todos, extrapolando o universo da classe artística.

Somente existe artista porque existe o público, e se existe o público é porque a arte proporciona entretenimento, promove liberdade de expressão, trocas afetivas, sentimento de pertencimento a um grupo ou território, elevação da autoestima, etc.

Tanto isso é verdade que para enfrentar melhor as dificuldades impostas pelo isolamento, muitos estão recorrendo a livros, filmes, séries, espetáculos, saraus, entre outros. E não é meramente para passar o tempo. Muitos procuram algo que os faça refletir sobre o momento pelo qual a humanidade passa, sobre maneiras de superar tudo isso e como agir, como proceder, seja no âmbito individual ou coletivo, quando for restabelecido o convívio social. Isso significa que a arte está funcionando como um importante “motor” da transformação social que se desenha no horizonte.

Portanto, a mobilização pela aprovação da Lei de Emergência Cultural no Senado deve ter a adesão de toda a população. Obviamente, não é de hoje que nossa categoria produtiva convive com dificuldades, vide a escassez de mecanismos de fomento e editais de cultura, de patrocínios, dificuldades de licitação para apresentações em espaços abertos, por exemplo.

O fortalecimento da união entre os diversos segmentos da classe artística para a aprovação da Lei de Emergência Cultural e para a criação de manifestações culturais virtuais parece inaugurar uma nova era de mobilizações para resolver, quem sabe, os problemas decorrentes da pandemia e do pós pandemia, e também aqueles outros que já nos acometiam antes no cenário cultural.

Quem sabe, enfim, também não esteja inaugurando uma era de mais mobilizações para que o acesso às artes seja, de fato, um direito assegurado a toda a população? Em tempos difíceis como o nosso, é preciso vislumbrar um futuro de utopias e vitórias, pois ele pode se tornar real. Mais que vislumbrar, é necessário agir: retomar, conversar, mobiliza, unir.

Stael Magesck é estilista, artista, produtora e ativista cultural.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A luta a favor do bem-estar da população durante a pandemia

Desde março, a economia capixaba busca se adaptar ao inesperado período de pandemia da Covid-19. A partir de então, empresários deram início à missão de manter empreendimentos saudáveis e, consequent…


Exclusivo
Tribuna Livre

Classe artística se reinventa durante a pandemia da Covid-19

Após o choque inicial, surge a adaptação a esta nova realidade. O mundo virtual está mais presente do que nunca e o grande desafio é se recriar a cada dia já que a arte não pode parar. Com a pandemia …


Exclusivo
Tribuna Livre

Trabalhadores de aplicativos são autônomos ou empregados?

Numa “live” recente, o ministro Paulo Guedes referiu-se a taxistas e faxineiras como “empreendedores”. Mas...seriam mesmo? Dicionários online ensinam que empreendedor é o “indivíduo que possui …


Exclusivo
Tribuna Livre

O Rio de Janeiro continua lindo, mas até quando?

Matéria jornalística exibida recentemente no Rio de Janeiro apresentou dados aterrorizantes da criminalidade no estado. Os dados apontam um mapa inédito do crime e foi produzido pela Polícia …


Exclusivo
Tribuna Livre

Desafios da liderança em tempo de pandemia e home office

O ambiente organizacional ao longo dos anos vem passando por várias mudanças como, por exemplo, desenvolvimento de tecnologias, mudança dos mercados, das relações de trabalho, dentre outras. Além …


Exclusivo
Tribuna Livre

A pandemia, o déficit de visibilidade e o desvario do olhar

No antigo normal, na vida que se vivia em duas fatias, a presencial e a digital, o olhar e o dar-se ao olhar alheio permitiam uma verdadeira farra de visibilidade. Mas, no meio da vertigem de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Motivação no isolamento torna a rotina menos estressante

Diante de uma pandemia e do isolamento social, pessoas com rotinas agitadas foram de repente obrigadas a desacelerar. Ganharam mais tempo com a família, aumentaram os afazeres de casa, tiveram seus …


Exclusivo
Tribuna Livre

Congresso tem mais funcionários do que 48 municípios do Estado

O Congresso Nacional aprovou e já está em pleno vigor a Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, que trata da ajuda financeira a estados e municípios e estabelece o “Programa Federativo de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Desafios da educação após a pandemia do novo coronavírus

Estudos recentes, como em Todos pela Educação (05/2020), mostram que os desafios com que se defrontarão gestores e profissionais da Educação quando do retorno das aulas presenciais são de tal …


Exclusivo
Tribuna Livre

A digitalização dos planos de saúde acelerada pela pandemia

Grandes desafios podem provocar grandes revoluções. A necessidade de superar adversidades leva a humanidade a repensar hábitos e valores e a usar todo o seu potencial de criação. Nestes tempos …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados