search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Crise marca inflexão na postura de João Doria
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Crise marca inflexão na postura de João Doria

Os efeitos da pandemia do coronavírus no Brasil marcaram uma mudança de postura de João Doria (PSDB) em relação a Jair Bolsonaro. A mais explícita, observa um aliado do governador, é que ele saiu da defensiva e passou a “bater” (no jargão da política) no Presidente.

Até bem pouco, o tucano evitava o confronto direto e engolia a seco os ataques. De um modo mais subliminar, porém também perceptível, Doria tenta fixar, ao se dedicar integralmente à crise da saúde, a imagem de um líder ágil e atento, em contraponto claro a Bolsonaro.

Calma, gente. A capacidade de comunicação de João Doria (ex-apresentador de TV) tem ajudado o governador nesta crise, mas ainda é cedo para qualquer previsão política e eleitoral, avaliam analistas. O futuro dependerá de como se dará o avanço da pandemia em São Paulo e no País.

Morro abaixo. Pesquisas realizadas por partidos de centro para consumo interno indicam que Jair Bolsonaro desidratou no Nordeste. Os levantamentos mostram que a rejeição ao Presidente sobe nos grandes centros e nas cidades com menos de 50 mil habitantes.

Da janela. Para um dirigente, o resultado mostra que o governo não conseguiu ainda chegar à casa das pessoas e agora, com a crise provocada pela pandemia do coronavírus e a instabilidade econômica, o cenário tende a piorar.

Vai e vem. Outra avaliação é de que o voto anti-PT, que ajudou a eleger Bolsonaro, está migrando para o centro. O vazio de candidatos nesse espectro, porém, pode levar esses votos, no limite, de novo para os candidatos de esquerda.

Opa I. O início de manifestações contrárias ao Presidente nesta semana acendeu um sinal na Câmara. Líderes dizem que hoje o Parlamento está muito carimbado na figura de Rodrigo Maia, um tanto desgastada pelos ataques intensos dos bolsonaristas.

Opa II. Mesmo no caso de um derretimento de Bolsonaro, acham que Maia pode não conseguir capitalizar para o Parlamento a insatisfação com o Presidente.

Lembra de mim. Por isso, insistem que Maia deveria “se despir de vaidade” e dividir o poder e o protagonismo na Câmara entre seus pares, principalmente entre os aliados mais próximos

Ajuda... Deputados também começam a pressionar pela contratação de uma agência de comunicação externa que possa melhorar a imagem da Casa.

...externa. Argumentam que, embora a Câmara tenha TV e rádio e servidores na assessoria de comunicação, falta uma empresa especializada em imagem.

Girl... Com mais de 13 mil inscritos e 700 aprovados, o RenovaBR Cidades tem 35% de mulheres, maior número de alunas em cursos de formação já realizados pela escola.

...power. “O crescimento da presença feminina é motivo para comemorar, mas também nos mostra que há espaço para crescimento. Vamos trabalhar para inspirar ainda mais mulheres a participar da vida política”, diz Irina Bullara, diretora ecutiva do RenovaBR.

CLICK. O senador Jean Paul Prates (PT-RN) curtiu a primeira sessão virtual de votação do Senado. Ele considerou o esquema fácil e bom por permitir o isolamento.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto estuda retaliar por CPI das Fake News

Pego de surpresa com a prorrogação da CPI Mista das Fake News, o Palácio do Planalto avalia fazer um pente-fino nos aliados que têm cargos e ainda assim assinaram o requerimento para continuar os …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Guinada de Bolsonaro surpreende médicos

Médicos e pesquisadores que estiveram quarta-feira (1º) com Jair Bolsonaro se surpreenderam com o vídeo postado por ele contra o isolamento social e a quarentena na manhã seguinte ao encontro. A um …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Bancada evangélica dá retaguarda a Bolsonaro

Em célere caminhada rumo ao completo isolamento político, Jair Bolsonaro ainda pode contar com a bancada evangélica. Embora discorde da forma como o presidente expõe suas ideias, em linhas gerais e …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Onda de fake news ataca governadores

Desde o acirramento do embate entre os estados e a presidência, cresce exponencialmente a onda de notícias falsas que têm governadores como alvo. O grosso dessas fake news circula em grupos de …


Exclusivo
Coluna do Estadão

PSDB posterga ida para a oposição a Bolsonaro

Apesar de o sentimento majoritário entre os tucanos ser de oposição formal e imediata a Jair Bolsonaro, esse movimento só deverá ser oficializado pelo PSDB ao término deste período crítico da crise …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Plano da Saúde chegou tarde, avaliam gestores

O documento do Ministério da Saúde entregue a secretários municipais e estaduais com o plano de combate à Covid-19 foi lido por gestores como uma iniciativa tímida e tardia. Uma das principais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Para Temer, País tem de evitar impeachment

Depois do pronunciamento de Jair Bolsonaro na quarta-feira, Michel Temer subiu aos trend topics do Twitter: expressões na linha “eu era feliz e não sabia” surgiram em vários perfis porque o contraste …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Contradições e “guerra cultural” do Presidente

Quando o País ainda buscava assimilar as medidas anunciadas por Paulo Guedes, Jair Bolsonaro minimizava mortes pela Covid-19 e deixava atônitos os mundos político e jurídico. Em contraste com a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Caminhoneiros lançam ameaça de paralisação

Começaram a circular nas redes vídeos com líderes dos caminhoneiros, alguns famosos pela greve de 2018, criticando as restrições impostas em solo paulista à abertura do comércio. Em um deles, …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Para aliados, Mandetta fez “recuo estratégico”

Aliados de Luiz Henrique Mandetta (Saúde) no DEM interpretaram a afirmação do ministro sobre a quarentena como “recuo estratégico”. Após o desastroso pronunciamento de Jair Bolsonaro na …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados